Região de Ningxia visa se tornar o Napa Valley da China

Produtores estrangeiros incentivam a crescente indústria de vinhos chinesa a subir o padrão de qualidade


Vinhedos chineses

Vinhedos em Ningxia, na China

Há alguns anos atrás quase ninguém ouvia falar sobre a indústria de vinhos da região de Ningxia, na China, mas hoje a região produz alguns dos melhores vinhos do país e já ganhou prêmios importantes da indústria, como o prestigiado Decanter World Wine Awards em Londres.

Em 2012, sete produtores foram convidados pelo governo local a irem até a região e dividirem sua experiência com os produtores nativos. Um francês, um espanhol, dois australianos, um chileno, um sul africano e um americano aceitaram o desafio. Benôit Beigner, um produtor de Monzabillac, foi um dos estrangeiros convidados e agora busca dividir seu tempo entre a China e a França. Sob a sua liderança, o Château Bacchus em Ningxia, passou por uma grande revolução, desde o processo de irrigação até a própria produção do vinho.

Apesar de a região ser árida e passar por invernos duros e frios, Ningxia é naturalmente apropriada para o cultivo de vinhas, dizem especialistas. Muitos produtores de diversas partes do mundo continuam se estabelecendo lá, o que comprova o grande potencial da região em se destacar frente ao cenário mundial da produção de vinhos.   

Da redação

Publicado em 29 de Setembro de 2014 às 16:14


Notícias China vinhedos ningxia