Novidade!

Senegal lança seu primeiro vinho no mercado

O domínio senegalês dos Baobás acaba de obter a autorização para fabricar e comercializar seu primeiro vinho


Novidade: Senegal lança seu primeiro vinho no mercado

Dois franceses apresentam a primeira safra de seu vinho senegalês 

Foi em 2013 quando começou o projeto um tanto ousado de dois franceses, François Normant e Philippe Franchois, ambos cientistas da computação que queriam produzir um vinho em terras áridas.

» Rainha Elizabeth II dispensa, por ordem médica, o Martini diário, mas o vinho não!

Com baixo rendimento devido à falta de matéria orgânica, presença de cupins e primatas, em um país onde o mercado permanece muito confidencial e com uma população 95% muçulmana, a insistência dos dois sócios aventureiros do vinho valeu a pena.

Normant e Franchois apresentam a primeira safra de Clos des Baobabs autorizada para a fabricação e venda pelas autoridades senegalesas.

Para este vinho 100% Grenache foi feita uma viticultura sem herbicidas e com colheita manual. Seus produtores gostam de comparar com um Pinot Noir da Borgonha e promete atrair pelo terroir inusitado.

Vendidas por pouco mais de 36 euros, as 1000 garrafas provavelmente serão reservadas para um punhado de pessoas curiosas. Pelo menos por enquanto.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Assine ADEGA

Glaucia Balbachan

Publicado em 2 de Dezembro de 2021 às 14:20


Mundovino Senegal Vinho Novidade Vinho senegalês Vinho da África