Saúde

Vinho ajuda a combater gripe

Pesquisa revela que o vinho, principalmente o tinto, pode ajudar a prevenir a gripe


O vinho pode trazer inúmeros benefícios para a saúde. Combater a gripe é um deles. 

Não é novidade para ninguém que o vinho traz benefícios à saúde. Dentre os mais divulgados estão os benefícios ao coração e ao sistema circulatório. Porém, um amplo estudo realizado em 2001 mostrou que o vinho também pode ajudar a prevenir doenças cotidianas, como a gripe e o resfriado.

O médico Miguel A. Hernan, da Escola de Saúde Pública de Harvard, em Boston, junto com colaboradores da Universidade de Santiago de Compostela e do Hospital Universitário das Ilhas Canárias, descobriu que o vinho ajuda o corpo a se recuperar do estado gripal e também contribui com a produção de anticorpos para, pelo menos, 200 diferentes tipos de vírus da doença.

Leia mais:

+ Quem prefere vinho vive mais

Dez motivos para você beber vinho

Vinho ajuda a manter o corpo jovem

Os pesquisadores acompanharam durante um ano um grupo de 4.272 professores de ambos os sexos que lecionavam em cinco universidades espanholas. Eles mantiveram um diário detalhado de seus hábitos alimentares, junto com um histórico minucioso sobre sintomas de resfriados e gripes – como coriza, espirros, congestão nasal, dor de cabeça, calafrios, inflamação na garganta, tosse e indisposição.

Os resultados mostraram que nesse período mais de 1.500 casos de gripe foram registrados entre as pessoas sob avaliação, porém, aqueles que ingeriam uma média de 14 taças por semana – ou duas taças de vinho por dia –, tiveram incidência 40% menor de gripe que os outros, e, além disso, apresentaram recuperações mais rápidas.

Os médicos explicam que o efeito pode ser causado pelos flavonoides, presentes em alta quantidade na bebida, principalmente no vinho tinto, que ajudam o corpo a produzir anticorpos naturais e também possuem ações antioxidantes e anti-inflamatórias, que auxiliam o corpo a sair do estado gripal. O estudo diz que alguns desses flavonoides contribuem especificamente contra vírus que afetam as vias nasais.

Vinho e gripe espanhola

Apesar de esta pesquisa relacionando o vinho ao tratamento da gripe ser bastante nova, os efeitos benéficos da bebida de Baco para essa função já eram de conhecimento popular há muito mais tempo. Por exemplo, o relato de um bombeiro mostrou que o Vinho do Porto pode ter ajudado a tratar a gripe espanhola, que devastou a região do Douro há um século. Contado inicialmente por António Guedes, bombeiro que nos anos de 1960 publicou no jornal “Arrais” suas memórias, o episódio foi relembrado em agosto de 2009 por Alfredo Almeida, presidente da Federação Distrital dos Bombeiros de Vila Real, em entrevista à Agência Lusa. “Recordo-me muito bem que, dessa desinfecção, constava um ‘medicamento’, um ‘antibiótico’ muito agradável, que era o Vinho do Porto. O primeiro gole era para bochechar e jogar fora, e o conteúdo restante do cálice (bem grande, por sinal) era para ingerir”, lembrou Guedes em seu relato. “Há um século, viviam-se tempos de alguma improvisação”, comentou Almeida.

Veja também:

+ Outros benefícios do vinho para a saúde

Vinho contribui para digestão de comida

Vinho pode inibir o aparecimento de tremores na velhice

Fernanda Ferreira

Publicado em 15 de Agosto de 2019 às 18:30


Notícias vinho e saúde benefícios do vinho vinho previne gripe