Vinho + Conhecimento + Experiência

Clube de vinhos da Revista ADEGA apresenta os rótulos que associados receberão no mês de julho


Existem vinhos e estilos mais adequados para cada momento. "Cada rótulo possui uma característica singular, por isso, para julho o Clube Adega selecionou os melhores vinhos para acompanhar o friozinho do inverno." nos conta Eduardo Milan, editor de vinhos da Revista Adega.

Além de prazerosa, a seleção dos rótulos também serve para provar que um vinho pode ser suculento e intenso, sem abrir mão da elegância. Ainda como destaque neste mês os sócios da categoria Gran Gold recebem com exclusividade, o espumante Vertigo Brut Nature, da vinícola Pizzato, vinho esgotado na vinícola e que está suscitando debate entre críticos.

 

Grand Gold:

  • Pizzato Vertigo Brut Nature 2013- Pizzato – Vale dos Vinhedos – Brasil
  • Vivanco Crianza 2010 - Bodegas Vivanco – Rioja – Espanha – (World Wine)
  • Aventura Tinto 2013 - Susana Esteban – Alentejo – Portugal (Adega Alentejana)

 

Divulgação

Os destaques Grand Gold

Foi selecionado no Vale dos Vinhedos o espumante brasileiro Vertigo, considerado um dos melhores do ano pelo Guia Descorchados 2015, o rótulo é finalizado sem o processo de dégorgement, que o deixa sem ser filtrado; sua característica marcante. Segundo a equipe de avaliadores ADEGA, o espumante possui aromas vibrantes de caju, envolto por notas florais, minerais e herbáceas, que o torna muito especial.

O rótulo espanhol Vivanco Crianza, elaborado pela vinícola Bodegas Vivanco, é um vinho frutado que possui frescor e equilíbrio, com textura perceptível do tanino e acidez vibrante. Sommeliers sugerem bebê-lo na companhia de paleta de cordeiro assada lentamente.

Assinado pela enóloga portuguesa Susana Esteban, o rótulo Aventura é um vinho com nuances que chamam atenção pela textura sedosa de seus taninos e qualidade da fruta; uma grande companhia para um prato de carne ensopada.

 



 

 

 

 

 

 

Gold:

  • Tampesta Finca Los Vientos 2009 - Bodega Tampesta – Castilla y Léon Espanha (Casa do Porto)
  • Queulat Syrah 2011 -Viña Ventisquero – Vale do Maipo – Chile (Cantu)
  • Assobio Titnto 2012 - Quinta dos Murças – Douro – Portugal (Qualimpor)

 

Divulgação

Os destaques Gold

O vinho tinto espanhol Tampesta, elaborado com a uva Pietro Picudo, é um vinho de uma uva pouco conhecida, com alta intensidade aromática de fruta negra madura e um grande exemplar para apreciar na presença de um prato de estrutura, como um brasado de carne suína.

O rótulo chileno Queulat Syrah, é harmonioso com especiarias picantes e possui afinidade entre ameixas e amoras, seguidas de notas florais, herbáceas e tabaco; sua essência parte do equilíbrio, frescor e sabor. Algumas opções de harmonização são carnes grelhadas, pimentas ou filet au poivre.

O vinho Assobio, típico duriense da propriedade Quinta dos Murças, da vinícola da Alentejana Herdade do Esporão, na região Douro, é elaborado com Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca. Para o degustador Hong Sup Kim, o rótulo esbanja frescor, suculência e sabor sutil de ameixas e cassis envolto por notas florais e minerais; além de toques herbáceos. É equilibrado, redondo e estruturado, possui acidez vibrante e taninos com textura e final persistente. Indicado para degustar com carnes vermelhas e queijos duros.



 

 

 

 

 

Silver:

  • Chakana Estate Malbec 2013 - Bodega Chakana – Mendoza – Argentina (La Pastina)
  • Lilás by Carlos Lucas 2011 - Magnum Vinhos – Douro – Portugal (Winebrands)
  • Yali Wetland reserva Carménère 2013 - Yai – Vale Central – Chile (Dommo)

 

 

Divulgação

Os destaques Silver

Na categoria Silver, os degustadores ADEGA ajudam leitores do Clube a abastecer sua adega com a chegada do inverno. Para isso foi selecionado o argentino Chakana, vinho frutado que vem se superando a cada safra, desde 2002. Agradável e repleto de frescor fica em harmonia com um tradicional prato da Argentina: o bife de chorizo ao ponto pra mal.

O português, segundo Christian Burgos, é "um falso simples", elaborado por Carlos Lucas, um dos mais respeitados enólogos de Portugal. Lilás, além de suculento, é frutado e equilibrado, o que o torna harmônico com carnes e queijos variados.

Concebido como um projeto eco-friendly, o chileno Yali, é um vinho frutado e rico, hamonizando muito bem com pratos untuosos. Perfeito para dar as boas-vindas ao inverno.

 



Para mais informações sobre os vinhos do mês e sobre o clube, visite o site: www.clubeadega.com.br

 

Da redação

Publicado em 24 de Junho de 2015 às 17:23


Notícias Gran Gold Gold Silver Revista ADEGA Clube Adega Clube de vinhos