Revista ADEGA
Busca

Vinho - 04.Jul - Mercado

Vinícolas brasileiras começam a utilizar métodos sustentáveis na sua produção


A preferência mundial por vinhos produzidos de maneira sustentável é crescente, e isso ficou bem claro na Vinexpo desse ano, em Bordeaux. As vinícolas brasileiras, para não ficar para trás, têm investido em técnicas de cultivo sustentável - redução ou eliminação do uso de agrotóxicos, e uso de embalagens ecológicas, as quais utilizam 30% menos matéria-prima.

Divulgação
Muitas vinícolas brasileiras já utilizam garrafas 30% mais leves

Na safra desse ano, diversas vinícolas utilizaram o TPC (Thermal Pest Control), um processo que elimina fungos, bactérias e insetos à base de ar quente, dispensando o uso de agrotóxicos e pesticidas.

Os vinhos brasileiros também estão inovadores e à frente na demanda mundial quanto ao uso de garrafas mais leves, as quais reduzem as pegadas de carbono e portanto são menos agressivas ao meio ambiente - isso devido à menor quantidade de vinho despejada no solo, reduzindo até 6% a emissão de CO2.

Muitas vinícolas nacionais utilizam garrafas de 25% a 30% mais leves que as embalagens comuns.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Segundo estudo, nos próximos 30 anos o cultivo de uvas para vinho na Califórnia será prejudicado

+ Chateau Latour é o último a divulgar preço da sua safra 2010

+ Vinho tinto pode prevenir perda óssea e muscular causadas por sedentarismo

+ Quartos de hotel na Holanda são feitos de tonéis de vinho

+ World Wine Tour 2010 arrecadou meio milhão de dólares em leilão

Redação
Publicado em 04/07/2011, às 10h53 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias