Revista ADEGA

Degustação

Ace of Spades: o champagne do Jay-Z

Avaliamos na taça, o Champagne do astro do rap Jay-Z

Eduardo Milan em 7 de Janeiro de 2019 às 15:00

Fã do Champagne Armand de Brignac, o astro da música e empresário Jay-Z, marido da também estrela Beyoncé, adquiriu a marca em 2014. Na época, muito se comentou sobre o negócio e manchetes como “Jay-Z aprecia Champagne de US$ 300, então compra a empresa que o produz” pipocaram na mídia. Na verdade, reza a lenda que o motivo que o incentivou a enveredar pelo mundo das borbulhas não teria sido apenas esse.

Certa vez, Frederic Rouzaud, gerente da Louis Roederer, que produz o Champagne Cristal, ao ser questionado por um repórter do jornal “The Economist” a respeito da popularidade de seu produto entre os rappers norte-americanos respondeu: “O que podemos fazer? Não podemos proibir as pessoas de comprá-lo”. Esse comentário teria gerado muita polêmica no cenário hip hop e um verdadeiro boicote à marca, do qual participou Jay-Z. Coincidentemente, naquele mesmo ano, uma garrafa dourada de Armand de Brignac apareceu no videoclipe de sua música “Show Me What You Got”.

[Colocar Alt]

Criada por Jean-Jacques Cattier e lançada em 2006 como a Cuvée Prestige da Maison Cattier, histórica casa de Champagne, Armand de Brignac, também conhecida como Ace of Spades pelo símbolo ostentado na garrafa, sempre teve no rapper um dos maiores fãs e representante. Inclusive, em 2012, Jay-Z montou uma torre de 350 garrafas de Champagne da marca para uma festa em sua boate em Nova York, em homenagem ao presidente Barack Obama.

Em visita ao Brasil, Sebastien Besson, CEO da casa, ressalta que “mais que fashion, a metalização da garrafa oferece segurança não só quanto à luminosidade, mas também quanto à oscilação de temperatura”. Mesmo diante das lindas e marcantes garrafas e de toda história ao redor de Armand Brignac, nada adiantaria se o líquido não fizesse jus a tudo isso. Mas, a boa notícia é que o recheio das garrafas não só condiz com a embalagem, como verdadeiramente surpreende.

Atualmente, a Maison produz cinco rótulos, Blanc de Noir Assemblage Two, Demi Sec, Blanc des Blancs, Rosé e o Gold Brut, carro-chefe da marca. Também não são safrados e sempre são um blend de três safras, espécie de assinatura da casa. Tudo a cargo somente de quatro enólogos, com o assemblage final definido por Jean-Jacques Cattier e seu filho Alexandre. Diferentemente do que se espera de uma Cuvée Prestige, geralmente mais estruturada, encorpada e repleta de aromas complexos evidenciados pelo longo estágio com as leveduras, Armand de Brignac opta por realçar o frescor, a sutileza, a cremosidade e a elegância. Ao primeiro momento, essa sutileza pode ser confundida com simplicidade, mas, com o tempo na taça, é claramente perceptível que se está diante de um grande vinho, tanto pela fruta definida e pelo estilo fino e delicado das borbulhas, quanto pela precisão e equilíbrio do conjunto. Esse estilo, segundo Besson, “é o que busca a Maison em todos os seus vinhos, pois tem a filosofia de valorizar a fruta, acreditando que longos estágios em contato com as leveduras trazem mais perdas que ganhos”. “A essência de um grande Champagne é ter equilíbrio sempre”, resume.

Degustação

AD 95 pontos

ARMAND DE BRIGNAC ROSÉ

Armand de Brignac, Champagne, França (Domno R$ 5.390). Espumante rosé brut elaborado a partir do blend das safras 2009, 2010 e 2012, composto de 50% Pinot Noir (15% de vinho tinto ao final da mescla), 40% Pinot Meunier e 10% Chardonnay. Muito preciso, refinado e equilibrado, consegue ser frutado, alegre e jovial, sem deixar de ser tenso, vibrante e sério. Mostra um lado sedutor aportado pelas frutas vermelhas frescas, mas também traz um aspecto austero, trazido por sua mineralidade e pela cortante acidez. Tem final cremoso e, por ser muito agradável e gostoso de beber, aparenta ser muito menos complexo do que realmente é. Álcool 12,5%. EM

AD 94 pontos

ARMAND DE BRIGNAC BRUT GOLD

Armand de Brignac, Champagne, França (Domno R$ 3.420). Espumante branco brut elaborado a partir do blend das safras 2009, 2010 e 2012, composto de 40% Pinot Noir, 40% Chardonnay e 20% Pinot Meunier. Impressiona pelo frescor, pela precisão e pela elegância, sempre num contexto de muito equilíbrio entre acidez refrescante, ótima cremosidade e nitidez de fruta. Tem final profundo e persistente, com toques salinos e de limão. Ótimo exemplo de harmonia entre tensão e sutileza. Álcool 12,5%. EM divulgação EM

AD 95 pontos

ARMAND DE BRIGNAC BLANC DES BLANCS

Armand de Brignac, Champagne, França (Domno R$ 8.005). Espumante branco brut elaborado a partir do blend das safras 2009, 2010 e 2012, exclusivamente a partir de Chardonnay. Nariz exuberante, mostrando lima da pérsia e abacaxi seguidos de notas florais e minerais. Sofisticado e sutil, mas também intenso e vibrante, chama atenção pelo equilíbrio e cremosidade do conjunto. Vertical e afilado, tem final cativante, com toques salinos. Álcool 12,5%. EM


Notícias Champagne Armand de Brignac Jay-z

Artigo publicado nesta revista


OPUS ONE

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também Guia ADEGA Guia ADEGA Vinhos do Brasil 2018/2019 + Poster "as cores do vinho"

Boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas