Biblioteca básica do enófilo (parte 1)

Apreciadores de vinhos, em geral, procuram qualidade e diversidade, o que exige conhecimento sobre a bebida e sua origem. Para isso, nada como degustar bons livros.


fotos: Roberto RodriguesEm sua procura pela diversidade, o enófilo chega a empreender uma 'busca insaciável do prazer' (uma expressão do cartunista Jaguar, nos velhos tempos de O Pasquim) e essa busca de novos vinhos está sempre associada aos aspectos culturais. Ao mesmo tempo em que o enófilo adquire novos vinhos e começa a formar uma adega, também aparece a necessidade de conhecimento, que leva à procura de livros especializados e à formação de uma biblioteca básica, pois não há dúvida de que o vinho é uma bebida cultural. Quais seriam, então, os livros que formariam uma biblioteca básica? E quem deseja se aprofundar, que livros deve adquirir?

#R#

Didáticos básicos
Toda biblioteca deve ter alguns livros didáticos básicos, que transmitam uma visão geral sobre as uvas, os vinhos e seu processo de produção. São livros fundamentais para os novatos e úteis para uma revisão de conhecimentos daqueles com um pouco mais de experiência. Nessa categoria, selecionamos quatro títulos que, juntos, passam uma visão ampla sobre o vasto mundo dos vinhos.

FERNANDO MIRANDA, professor da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS), do Curso de Gastronomia da Universidade Estácio de Sá e da FAETEC, escreveu o 'Arte & Vinho', um livro didático repleto de ilustrações e bastante completo;

EUCLIDES PENEDO BORGES, professor e atual vice-presidente da ABS-RJ, divide o seu 'ABC Ilustrado da Vinha e do Vinho' em três grandes grupos: o A, que trata da uva e do mosto; o B, que aborda a transformação do mosto em vinho, e o C, que apresenta uma visão geral sobre os diversos estilos de vinhos, sua composição, evolução, influência da madeira, aspecto, aromas e gosto;

Um dos livros do 'prata da casa' MARCELO COPELLO também se enquadra entre os livros didáticos básicos. Em 'O Vinho para quem tem Estilo', o editor de ADEGA diz que: "Degustar é sentir e interpretar o vinho, transformar tudo isso em palavras. Logo, degustar é escrever poesia", e, com seu texto leve, prende o leitor em uma breve viagem ao mundo do vinho;

ALBERTO MIELE (pesquisador da Embrapa) e ADRIANO MIOLO (enólogo e proprietário da Vinícola Miolo) escreveram 'O Sabor do Vinho' que, além de um texto tecnicamente perfeito, é um colírio para os olhos com sua bela diagramação e lindas fotos.

#Q#

Didáticos de consulta
A biblioteca vai ser muito enriquecida pelos nove livros selecionados a seguir. São de livros que, sem perder suas características didáticas, apresentam um aprofundamento maior sobre o tema, sendo muitas vezes utilizados para consultas sobre um determinado assunto; livros para serem lidos aos poucos. Infelizmente nem todos foram traduzidos para o português, mas são fundamentais.

Com uma edição primorosa e um capítulo especial sobre o Brasil, o 'Larousse do Vinho' é uma obra de referência onde são apresentadas as regiões onde se elabora o vinho, juntamente com uma descrição do sabor desses vinhos e os melhores representantes das diferentes denominações. Um livro que não pode faltar em nenhuma biblioteca;

BOSSI, um engenheiro químico italiano, definiu a ficha analítico-descritiva mais utilizada em todo o mundo, referência nos Concursos de Sommeliers. Essa ficha é minuciosamente explicada no 'Teoria e Prática da Degustação dos Vinhos' (a edição brasileira está esgotada, mas existem edições em italiano e francês);

PEYNAUD, que faleceu recentemente, aprofunda os conceitos sobre a percepção dos vinhos em seu 'Descobrir o Gosto do Vinho' (edição portuguesa);

CASAMAYOR com seu 'How to Taste Wine' consegue a proeza de ser simples e profundo ao mesmo tempo, ao apresentar, de forma muito didática, uma quantidade imensa de informação condensada em tópicos que devem ser lidos pouco a pouco para um bom entendimento e assimilação. Não poderiam deixar de ser citados alguns livros fundamentais escritos por Jancis Robinson, que traz a sensibilidade feminina ao mundo dos vinhos.

JANCIS, em seu 'Vines, Grapes & Wines' apresenta textos sobre as vinhas, as uvas e os vinhos, produzidos de uma forma agradável, didática e muito bem ilustrada. E, para conhecer as novas descobertas no mundo dos vinhos, nada melhor do que o 'Guia de Castas', um dicionário com as mais de 800 castas de uvas viníferas existentes no mundo. A edição portuguesa é um pouco antiga, vale procurar a nova edição inglesa.

#Q#

Dois outros dicionários são fundamentais. O 'Dictionnaire Hachette du Vin' é, ao mesmo tempo, técnico e simples, e não pode faltar em nenhuma biblioteca. Da palavra à imagem, apresenta todos os conhecimentos sobre a vinha e o vinho, sendo um dicionário completo tanto para o amador quando para o especialista. Com mais de 2000 verbetes e centenas de ilustrações, tem uma apresentação clara e didática para os leitores do idioma francês.

Já o 'Atlas Mundial de Vinhos e Aguardentes' tem uma edição em português. Seu autor, HUGH JOHNSON, é uma das maiores personalidades mundiais do vinho, e justifica sua fama nesse livro que, embora antigo, é bastante atual. Os livros citados representam um bom começo para os enófilos.

Mas a biblioteca básica ainda precisa de outros livros, guias sobre os vinhos de cada região produtora, bem como de livros sobre cultura e história do vinho e de uma pitada de humor, os quais serão apresentados numa segunda parte do artigo. Como escreveu Alian Favereau, degustador da rede francesa Nicolas, especializada em vinhos: 'L´apprendissage du dégustateur dure tout sa vie: il reste toujours des vins à connaitre'. ('A aprendizagem do degustador dura toda sua vida: sempre haverá vinhos para se conhecer').

*Roberto Rodrigues é enófilo e consultor de vinhos - rr@pobox.com.

Bibliografia
Didáticos Básicos:
Arte & Vinho - Fernando Miranda - Rio de Janeiro: Axcel Books, 2001. 136p.
ABC Ilustrado da Vinha e do Vinho - Euclides Penedo Borges - Rio de Janeiro: Mauad Editora, 2004. 252p.
O Vinho para quem tem Estilo - Marcelo Copello - Rio de Janeiro: IBPI Press, 2000. 200p.
O Sabor do Vinho - Alberto Miele, Adriano Miolo - Bento Gonçalves: Vinícola Miolo: Embrapa Uva e Vinho, 2003. 136p.

Didáticos de Consulta:
Larousse do Vinho - Vários - São Paulo: Larousse, 2004. 384p.
Teoria e Prática da Degustação dos Vinhos - Giancarlo Bossi - Rio de Janeiro: Espaço e Tempo, 1996. 184p.
Descobrir o Gosto do Vinho - Émile Peynaud, Jacques Blouin - Lisboa: Litexa, 2000. 230p.
How to Taste Wine - Pierre Casamayor - London: Cassell Illustrated, 2002. 128p. The Oxford Companion to Wine - Jancis Robinson (editor) - New York: Oxford niversity Press, 1999. 824p.
Vines, Grapes & Wines - Jancis Robinson - London: Mitchell Beazley, 1998. 280p.
Guia de Castas - Jancis Robinson - Lisboa: Livros Cotovia, 2000. 224p.
Dictionnaire Hachette du Vin - Michel Dovaz - Paris: Hachette, 1999. 560p.
Atlas Mundial de Vinhos e Aguardentes - Hugh Johnson - São Paulo: Siciliano, 1988. 320p.

Roberto Rodrigues*

Publicado em 18 de Abril de 2006 às 07:20


Saiba Mais

Artigo publicado nesta revista

Escolha a sua safra

Revista ADEGA 7 · Maio/2006 · Escolha a sua safra