Ideias do vinho

A cada momento seu vinho?

A sommelier Amandine Castillon comenta se existe um momento certo para cada tipo de vinho


[Colocar Alt]

Muitas vezes quando queremos um vinho, pensamos em qual momento degustá-lo. Podemos falar que existe um momento especifico a cada vinho? É comum pensar que vinho branco combina com peixe e vinho tinto combina com carne, mas podemos ser tão categóricos na nossa escolha?

É verdade que tem algumas características dos vinhos que vão ajudar na harmonização e ressaltar os sabores da comida. Mas quando falamos de harmonização de vinho podemos falar de momentos que harmonizam com vinho? Aqui vou descrever alguns momentos que na minha opinião são ideais para abrir uma garrafa.

A primeira ocasião, que quando geralmente abrimos mais de uma garrafa, é o jantar entre amigos em casa. Aí todo mundo leva uma garrafa, e estamos na frente de muitos estilos diferentes de vinho. Muitas vezes são vinhos tintos e poucos vinhos brancos. Portanto, qual seria a melhor opção para levar num jantar entre amigos? Muitas vezes não sabemos o que vamos comer e nossa escolha de vinho deve ser uma opção que combina com vários pratos. Para mim, a melhor escolha é o espumante, de preferência já gelado. Na visão de muitos, o espumante é um vinho de festa e de confraternização. Será ideal para começar o jantar. Além disso o espumante não precisa necessariamente de prato para harmonizar.

O segundo momento que eu acho que o vinho tem um lugar essencial é o jantar romântico. Para tornar o momento inesquecível o vinho tem um papel muito grande. Para esse fim eu aconselho um vinho de corpo médio ou leve. Aprecio muito um Pinot Noir nesses momentos. Sua delicadeza e elegância vão tornar o momento ainda mais especial.

O momento mais aconchegante para se tomar vinho é o sofá e um bom filme ou uma boa serie. Nesse caso, precisamos de um vinho mais descontraído como um rosé, um chardonnay bem frutado ou um merlot sem passagem por barrica.

Talvez a compra de um presente seja o momento mais difícil para escolher um vinho, porque existem vários perfis de pessoas. Para os mais tradicionais, um Cabernet Sauvignon com potencial de envelhecimento como um Bordeaux ou um gran reserva Argentino serão perfeitos. Para alguém que gosta de aventura, escolheria um Syrah do Chile ou um vinho de algum pais diferente com Estados Unidos, Austrália ou Nova Zelândia. Também tem a opção de vinificação diferente, como os vinhos feitos, em Amphoras ou assemblagens não tradicionais para os conhecedores de vinho que gostam de descobrir as novas tendências. Para as pessoas que não conhecem muito o mundo do vinho, optaria para um vinho mais tradicional como um Malbec argentino ou um vinho rosé da Provence.

E o período mais gostoso de se tomar vinho são as férias. Pensando num lugar tranquilo na praia por exemplo, levaria um branco leve como um vinho verde ou um rosé.

Amandine Castillon é Sommelier da Cantu Importadora.

Amandine Castillon

Publicado em 20 de Fevereiro de 2019 às 17:00


Notícias Amandine Castillon Coluna Momento certo do vinho Quando abrir vinho