Vinícolas do mundo

Champagne Lanson tem vinhedo murado que é o único remanescente na cidade de Reims


 

 Do Clos Lanson, o vinhedo murado dentro da capital de Champagne, saem as uvas da cuvée de mesmo nome

A Lanson, uma das mais antigas maisons de Champagne, foi criada em 1760 por François Delamotte. Seu filho Nicolas Louis Delamotte, ao sucedê-lo, fez uma parceria com Jean-Baptiste Lanson e em 1837 a companhia ganhou o nome de Lanson et Cie.

 

LEIA MAIS

» Sauternes ou Tokaji? Conheça as diferenças entre os reis das uvas podres

» Concha y Toro é a maior vinícola da América Latina com time de enólogos e linhas diversas

 

As instalações reformadas são equipadas com quatro prensas históricas, testemunhas de umas das mais antigas casas de Champagne, fundada em 1760 

Dos 57 hectares próprios, a casa francesa possui o único vinhedo remanescente dentro da cidade de Reims, seu Clos Lanson (o nome clos deve-se ao vinhedo murado, dentro da capital de Champagne, que dá origem à cuvée de mesmo nome, Clos Lanson).

Desde 2011, a vinícola vem implementando trabalhos com vinhedos biodinâmicos, algo raro na região onde menos de 2% das plantações seguem o modelo. Atualmente, a propriedade pertence ao grupo Lanson-BCC (segundo maior grupo da região, atrás de LVMH) e o chefe de cave é Hervé Dantan, na equipe enológica desde 2013.

Dentro da adega existe uma coleção de safras incluindo anos como 1904. Os métodos e conhecimentos tradicionais de vinificação permitem que os vinhos envelheçam longamente, e se desenvolvam com o tempo

 

» Para ver os melhores vinhos avaliados da  Lanson, clique aqui

 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 23 de Julho de 2020 às 15:49


Notícias