China confirma investigação de vinho europeu

China anunciou essa semana que vai começar uma investigação, com duração de um ano, para saber se os vinhos da UE recebem subsídios do governo


Confirmando as ameaças de que iniciaria um inquérito sobre práticas de dumping no mercado de vinho europeu, a China anunciou essa semana que vai começar uma investigação, com duração de um ano, para saber se os vinhos da UE recebem subsídios do governo.

As investigações são consequência de uma petição da Associação Chinesa de Bebidas Alcoólicas, emitida em maio, que pede a averiguação do caso, dias após os painéis solares exportados da China para a Europa serem taxados por estarem bem abaixo do preço dos mesmos produtos de origem europeia.

Roger Waite, porta-voz do comissário europeu de Agricultura, foi claro ao dizer que "há subsídios para a produção de vinho, mas não para as exportações". Em 2012, a China foi a responsável por 11,4% das exportações de vinhos da União Europeia, sendo os vinhos franceses, espanhóis e italianos os mais procurados.

Da redação

Publicado em 4 de Julho de 2013 às 14:37


Notícias China confirma investigação vinho europeu