Notícias

Clube processa garçom por derramar vinho em bolsa de luxo de cliente

A dona da bolsa processou o clube pelo ocorrido; já o estabelecimento resolveu culpar o garçom pelo acidente


Em uma ação movida em 29 de outubro no Tribunal Superior de Nova Jersey, Maryana Beyder processou o Alpine Country Club de Nova Jersey depois que um garçom derramou vinho em sua bolsa rosa Hermès. Porém, em uma ação cruzada (em que um réu processa outro na mesma ação legal) em 7 de novembro, o Alpine Country Club entrou com uma ação contra o garçom envolvido no incidente. 

Beyder foi forçada a processar o clube depois de tentar resolver o problema amigavelmente por quase um ano, até que as discussões terminaram. Alexandra Errico, advogada de Beyder, disse: “Parece que estamos culpando o funcionário. Não estamos. Você vai a qualquer restaurante com uma jaqueta de couro de 100 dólares. Se um garçom derramar algo sobre ela e a destruir, você espera que o restaurante o compense. Eles não deveriam processar seus próprios funcionários. Isso basicamente mostra que eles realmente estão agindo de má fé”. 

A bolsa rosa pálida, que foi descontinuada pela Hermès, foi comprada pelo marido como presente de aniversário de 30 anos para Beyder e, segundo Alexandra, agora está coberta de manchas. O clube processa seu próprio garçom em US$ 30 mil. 

Da redação

Publicado em 15 de Janeiro de 2020 às 17:23


Notícias hermes bolsa vinho processo garçom

Artigo publicado nesta revista