Enoturismo

Dá para comer bem em Londres?

Sim! Anote seis restaurantes que provam que a cidade tem uma das melhores cozinhas do mundo


A gastronomia inglesa ainda hoje é tida como muito pobre.

Londres é sempre lembrada por suas comidas de pub, tortas, café da manhã pesado e principalmente pelo clássico Fish and Chips.

Mas a sua fama de pior lugar para comer no mundo não corresponde à verdade. Londres, ao contrário, vem se tornando uma das melhores cidades do mundo para se comer bem, com chefes e restaurantes estrelados. Restaurantes de outras culturas e países que invadiram o país ao longo dos anos, mas também representantes da própria culinária inglesa, repleta de excelentes produtos e chefes.  

Conheça seis endereços para comer bem em Londres

[Colocar Alt]

Duck & Waffle 

O Duck & Waffle oferece uma ampla carta da cozinha tradicional inglesa com influências europeias modernas. Começamos por ele, primeiro, para irmos apagando esta imagem negativa da cozinha inglesa e também porque um dos horários mais interessantes para visitá-lo é no café da manhã ou no brunch.

[Colocar Alt]

O restaurante está localizado no quadragésimo andar de um dos prédios mais altos de Londres, o 110 Bishopsgate, portanto além de iniciar o dia comendo bem, o Duck & Waffle proporcionará também uma linda vista da cidade. Não deixe de pedir o prato que dá nome ao restaurante, confit de pato com waffle, cobertos por um molho agridoce à base do próprio pato, maple syrup e grãos de mostarda. A carta conta com algumas boas opções para quem quer começar o dia com uma taça de Champagne, por exemplo.

duckandwaffle.com

110 Bishopsgate, London EC2N 4AY

[Colocar Alt]

Lyle’s

Número 38 do mundo na última lista de revista inglesa Restaurant Magazine dos 50 melhores restaurantes do mundo, o Lyle’s é comandado pelos chefs James Lowe e John Ogier. O Lyle’s serve almoço à la carte e jantar menu degustação. Os menus são de “micro temporada” dando muita atenção aos produtos e produtores. Como o próprio menu já nos alerta (“Produtos de caça podem conter pedaços de balas”), a caça é um dos elementos mais valorizados por James e John. Em nossa visita, estava representada no menu por codorna ao molho de anchova. A carta de vinhos também é sazonal, harmonizando com os pratos da temporada. Na ocasião, a sugestão foi um branco da Alsácia.

lyleslondon.com

Tea Building, 56 Shoreditch High St, London E1 6JJ

St John Bread & Wine

[Colocar Alt]

Fergus Henderson é um dos principais responsáveis pela nova reputação da cozinha inglesa. O St John foi seu primeiro restaurante onde ficou muito conhecido com o seu trabalho com os cortes menos nobres de carnes, em especial do porco, “nose to tail”. Alguns clássicos como o Bone Marrow não podem deixar de fazer parte do seu pedido. Fique de olho também nas sugestões do dia, com os melhores produtos da temporada. Se der sorte, prove a arraia empanada e frita, servida com molho tártaro, para não deixar de comer um “fish and chips” em sua viagem. St John Bread and Wine também funciona como padaria com seu excelente sourdough e como loja de vinhos, para compra das opções de sua mutante carta.

stjohnrestaurant.com

Commercial Street,94-96, London, E1 6LZ

[Colocar Alt]

Scott’s

O Scott’s é um restaurante de frutos do mar localizado no bairro de Mayfair. Originalmente foi aberto por um pescador, John Scott, em 1851, como um Oyster Bar e se mudou para o atual endereço em 1967, quando era muito frequentado por Ian Fleming, o criador de James Bond. O menu no Scott’s também costuma variar de acordo com os frutos do mar da temporada. As ostras e Champagnes, no entanto, estão sempre presentes também no menu “atual” e são imperdíveis. Lagostas ou peixes da época são extremamente bem elaborados, em nossa visita ficamos com o “sea bass”. O serviço de vinhos e a carta seguem o mesmo nível do menu, fique à vontade para uma escolha pessoal ou peça sugestão para o sommelier.

scotts-restaurant.com

20 Mount Street, London, W1K 2HE

Bao

[Colocar Alt]

O Bao é um restaurante que serve pratos com inspiração taiwanesa e cuja principal especialidade é justamente o Bao, que dá nome às duas filiais. O bao, também conhecido como bun, é uma espécie de pão cozido no vapor. Alguns dos imperdíveis são o classic (carne de porco desfiada e farofa de amendoim), o confit (barriga de porco confitada) e o cod black (bacalhau). Além dos baos, as opções de entradas e acompanhamentos são igualmente excelentes pedidas, como o bone marrow rice (arroz com tutano de boi e gema de ovo), e o pig blood cake (espécie de chouriço de sangue com gema de ovo curada). Para acompanhar vá de sake ou opte por um de seus autênticos e excelentes drinks. Mas há uma seleção focada e enxuta de vinhos em taça e garrafa.

baolondon.com

Bao Soho - 53 Lexington St, London W1F 9AS Bao Fitzrovia - 31 Windmill Street, London W1T 2JN

Barrafina

[Colocar Alt]

A última dica é também um bar um pouco mais informal, assim como o Bao, e igualmente imperdível para os apreciadores da cozinha espanhola e, principalmente, de sua forma de comer compartilhando. O Barrafina é um autêntico bar de tapas espanhol. Um não, hoje já são três Barrafinas em Londres. Todos eles com sua cozinha aberta atrás de um grande balcão de mármore. Assim como a maioria das outras opções citadas, o Barrafina também trabalha com diversas sugestões sazonais. Torça para ter sorte de provar os Carabineros (grandes “camarões” vermelhos) feitos na chapa e vendidos por unidade e as Flores de Calabacín (flores de abobrinha recheadas com queijo de cabra). Entradas e pratos tradicionais da cozinha espanhola também podem ser pedidas sem erro, tortillas, croquetas, jamón e etc. A carta, obviamente, é focada em espanhóis, especialmente com os clássicos Jerez e Cava.

barrafina.co.uk

Barrafina Dean Street Dean Street, 26-27 Dean Street, W1D 3LL Barrafina Adelaide Street 10 Adelaide Street, Covent Garden, London WC2N 4HZ Barrafina Drury Lane 43 Drury Lane, Covent Garden, London, WC2B 5AJ

João Calderón

Publicado em 28 de Novembro de 2018 às 20:00


Notícias Enogastronomia Inglaterra Vinho e Inglaterra Gastronomia inglesa Turismo

Artigo publicado nesta revista

CROFT 430 ANOS

Revista ADEGA 156 · Outubro/2018 · CROFT 430 ANOS

VERTICAL COM SAFRAS HISTÓRICAS