Investimento em vinho tem valorização de 7% em um ano

Enquanto o investimento em vinho tem lucro, o ouro tem queda de 23% de acordo com a consultoria Knight Frank


vinho investimento

A consultoria Knight Frank identificou, entre junho de 2012 e junho de 2013, que o preço dos carros de luxo subiu juntamente com a recuperação dos investimentos em vinhos. O índice de investimentos de luxo KFLI (que além do vinho agrega aplicações em móveis antigos, objetos de arte, selos e moedas) valorizou-se 7% no ano.

Em um segundo índice (FTSE), o ouro e residências de luxo do centro de Londres. Estas últimas, tiveram comportamento melhor, com 12% de alta. Em compensação, em doze meses, o ouro teve queda de 23%.

A consultoria ressalta, porém, que, em um período de tempo maior, de uma década, o primeiro índice teve valorização de 174% enquanto que o ouro e as construções só rendeu 55%, mas apresenta uma menor volatilidade. O ouro se revalorizou 273% em 10 anos e predominou neste segundo índice. No primeiro, os carros de luxo tiveram alta de 430%, mas, por outro lado, os móveis antigos perderam 19% de valor.

Os investidores com folga financeira tem que ter consciência de que as porcentagens de valorização só se concretizam nos melhores objetos de cada categoria. A consultoria Knight Frank adverte: “ Embora nossos índices apresentem um crescimento sólido, em geral seria um erro supor que investir em um ativo de coleção e de luxo tenha uma rentabilidade a curto prazo.”

Da redação

Publicado em 17 de Outubro de 2013 às 12:05


Notícias vinho como investimento ouro valorização