Jovens norte-americanos estão trocando a cerveja pelo vinho

Pesquisa realizada nos Estados Unidos mostra que o percentual de jovens que bebem cerveja caiu drasticamente, abrindo espaço para o vinho e outras bebidas alcoólicas


 

Jovens norte-americanos perderam o interesse em beber cerveja. Esse é o resultado apontado em uma pesquisa da Goldman Sachs Investment Research realizada nos Estados Unidos, que mostrou que há 20 anos 75% dos jovens, entre 18 e 29 anos, preferiam a cerveja. Hoje, depois de anos de declínio, esse índice chegou a apenas 40%. O contrário aconteceu com o vinho, que está em alta entre os jovens.

Segundo a pesquisa, na década de 1990, o percentual de jovens que preferiam o vinho era de 15%. Hoje, está em 25%. Os dados ainda apontam que o abandono da cerveja não se concentrou apenas entre os jovens. Entre toda a população norte-americana, o percentual de consumidores de cerveja caiu em 9% durante um período de dez anos.

Segundo especialistas, o panorama apontado pela pesquisa se deve em grande parte às tendências saudáveis que se difundiram pela população. Essas tendências fizeram com que a cerveja, uma bebida pesada e calórica, fosse trocada pelo vinho, que é mais leve e responsável pela prevenção de diversas doenças e transtornos físicos, o que foi muito divulgado pela mídia nos últimos anos.

Muitos especialistas também apontaram que esse abandono da cerveja se deu em grande parte ao fato de os jovens simplesmente terem se rebelado contra o gosto da geração anterior. Em entrevista, o economista Spiros Malandrakis comentou esse aspecto: “O consumo de álcool é cíclico por natureza. Acredite ou não, mas nós tendemos a beber não o que os nossos pais bebiam, mas o que os nossos avós bebiam”.

 

Da redação

Publicado em 5 de Dezembro de 2014 às 15:59


Notícias Pesquisa consumo vinho