Luto

Morre Alberto Miele, um dos principais pesquisadores da viticultura brasileira

Ele trabalhava na Embrapa Uva e Vinho desde 1975


 

Alberto Miele, pesquisador da Embrapa Uva e Vinho

Morreu no dia 02 de março o pesquisador Alberto Miele, agrônomo que trabalhava na Embrapa Uva e Vinho há quase 46 anos. Ele teve complicações devido à uma cirurgia e não resistiu.

“O legado deixado para a vitivinicultura pelo pesquisador Alberto Miele é inquestionável. Não apenas para a brasileira, mas foi nosso representante em diversos fóruns internacionais. É uma grande perda” diz trecho da nota da Embrapa Uva e Vinho.

Miele trabalhou desde a implantação em 1975 da Embrapa Uva e Vinho em Bento Gonçalves, RS, e dedicou seu tempo principalmente na pesquisa da composição físico-química e análise sensorial da uva, seu suco e os espumantes e vinhos tranquilos e participou também de estudos sobre a fisiologia das videiras.

» Polícia Rodoviária Federal apreende mais de 5 mil garrafas de vinho

» Fórmula 1 tem novo patrocinador para a festa do pódio

O pesquisador, que estava com 79 anos, deixa como legado mais de 80 artigos e um livro escrito em parceria com Adriano Miolo, o “O Sabor do Vinho” é uma obra ilustrada que conta a história da bebida. Alberto Miele foi homenageado ainda em 2015 com o Troféu Vitis, dado pela Associação Brasileira de Enologia em reconhecimento pelo seu trabalho em prol da vitivinicultura nacional.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 3 de Março de 2021 às 16:00


Notícias Alberto Miele Luto Falecimento vinho Embrapa