Escola do vinho

Qual é a temperatura de serviço ideal para cada tipo de vinho?

Ela ajuda a bebida a revelar os seus aromas e, claro, define o que você vai sentir na boca


A temperatura de serviço do vinho, às vezes, parece um tema controverso. A regra de que o vinho deve ser servido na temperatura ambiente está ultrapassada, faz tempo.

Afinal, a não ser que você more em um lugar em que a média de temperatura gire em torno de 15°C a 20°C diariamente, você não vai beber seu vinho em temperatura ambiente.

E, mesmo que mora, só pode usar disso em relação aos tintos. Brancos e espumantes em temperatura ambiente? Difícil.

A temperatura adequada, vale dizer, ajuda a bebida a revelar os seus aromas e, claro, define o que você vai sentir na boca. Isto é, é uma grande aliada para a melhor experiência que você pode ter.

EspumantesEntre 3°C e 7°C

• Bebidas mais leves produzidas a partir do método Charmat e Asti permitem que a bebida esteja mais gelada. Use 3ºC e 4ºC.

• Se deixar os espumantes produzidos pelo método Tradicional ou Champenoise muito gelado você pode perder alguns tons mais austeros como frutas secas e de fermentação. Use 6°C e 7°C.

> Dica – Se possível, evite o colocar o espumante no congelador. Gelar progressivamente é sempre melhor. Na porta da geladeira, o espumante estará no ponto entre 6 a 12 horas. 

Aurora Gioia Nature Sur Lie - AD 90 pontos

Brancos levesEntre 7°C e 9°C

• Vinhos brancos sem passagem por madeira feitos com uvas como Sauvignon Blanc, Pinot Gris ou Verdejo normalmente possuem a acidez pronunciada – e nós queremos manter isso!

• A melhor maneira de garantir o frescor e degustar estes vinhos é em uma temperatura que permita que esses aromas e sabores atinjam o ápice.

• 3 horas na porta da geladeira são suficientes para atingir a temperatura ideal.

Hemisferio Reserva Sauvignon Blanc 2019 - AD 89 pontos

Rosés Entre 9°C e 12°C

• O mundo dos rosés pode parecer homogêneo mais se engana quem pensa assim.

• Há vinhos delicados, Provence é o maior exemplo disso

• Os mais encorpados costumam ser produzidos em países como Itália, Portugal, Espanha e Novo Mundo

• Para rosés mais leves, 9ºC (3 horas na porta da geladeira)

• Para rosés mais encopados, 12ºC (2 horas na porta da geladeira)

Aimé Roquesante Cuvée Sélectionée Rosé 2019 - AD 89 pontos

Branco encorpadoEntre 12°C e 13°C

• Brancos encorpados, com passagem em madeira e muitas vezes com fermentação malolática devem ser degustados em temperaturas acima dos seus irmãos mais leves para que os aromas ligados ao estágio e à fermentação possam sobressair

• Há ainda algumas exceções de brancos que de tão encorpados podem ser degustados a temperaturas de tintos!

• Duas horas na porta da geladeira bastam para chegar numa boa temperatura de serviço

J. Bouchon Granito Sémillon 2019 - AD 93 pontos

Tintos leves14°C

• A temperatura correta faz com que a acidez de vinhos feitos com, por exemplo, as castas Pinot Noir e Gamay, se pronuncie e os aromas marcantes de frutas cheguem ao nariz.

• 1h30 na porta da geladeira

Las Veletas Pais Tinto 2018 - AD 91 pontos

Tintos encorpadosEntre 16°C e 18°C

• Os vinhos com mais corpo pedem temperatura mais alta para que os aromas mais austeros, como frutas mais maduras e couro, não fiquem escondidos no vinho

• 45 minutos na porta da geladeira bastam para a temperatura ideal de serviço

Le Macchiole Bolgheri Rosso 2016 - AD 93 pontos

Fortificados20°C

• Como aqui temos muito corpo, a temperatura também tem que acompanhar os vinhos como Vinho do Porto, Madeira e Banyuls

• 30 minutos na porta da geladeira, em dias mais quentes

Justino's Madeira 10 Anos Boal - AD 91 pontos

<div>Ícones feitos por <a href="https://www.freepik.com" title="Freepik">Freepik</a> from <a href="https://www.flaticon.com/br/" title="Flaticon">www.flaticon.com</a></div>

Fique de olho no rótulo!

Muitas vinícolas apontam nele a temperatura ideal de consumo, principalmente quando ela foge às regras que apresentamos aqui – sim, isto pode acontecer!

<div>Ícones feitos por <a href="https://www.flaticon.com/br/autores/xnimrodx" title="xnimrodx">xnimrodx</a> from <a href="https://www.flaticon.com/br/" title="Flaticon">www.flaticon.com</a></div>

3 regras da geladeira

1 O vinho deve ser colocado fechado – para que demais aromas não entrem na garrafa e interfiram na bebida

2 Dê preferência para partes menos frias, como a porta da geladeira

3 O congelador não é a melhor opção porque o choque de temperatura pode prejudicar um vinho mais delicado

<div>Ícones feitos por <a href="https://www.flaticon.com/br/autores/icongeek26" title="Icongeek26">Icongeek26</a> from <a href="https://www.flaticon.com/br/" title="Flaticon">www.flaticon.com</a></div>

Como eu identifico se o vinho está na temperatura correta?

O ideal é ter um termômetro para vinho. Há basicamente dois modelos no mercado, um em formato de agulha que colocamos direto no líquido, na taça ou até mesmo na garrafa, e temos a temperatura da bebida.

E há o termômetro de garrafa, ele parece um anel que colocamos em volta da garrafa e ele traz a temperatura do vinho. A vantagem deste modelo é que não precisamos abrir a garrafa e, caso a temperatura não esteja ideal, ela estará fechada e não teremos intervenção no vinho.

» Com tecnologia disponível, porque ainda pisamos em uvas para produzir vinhos?

» Vinho do Porto: qual é a diferença entre Ruby e Tawny?

» Como preservar o vinho depois de aberto, diminuindo os efeitos da oxidação

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 
André De Fraia

Publicado em 26 de Abril de 2021 às 15:00


Escola do vinho Vinho Temperatura Qual temperatura de serviço Estilo de vinho Dicas