Revista ADEGA
Busca

Safári promove degustação de grandes vinhos ao lado da vida animal africana

Com preço estimado em US$9 mil por pessoa, safári põe visitantes em contato com animais selvagens e noites regadas a grandes vinhos


Os fotógrafos de vinho e de animais selvagens Daryl e Sharna Balfour se uniram para oferecer um safári regado a grandes vinhos na principal reserva de caça do Quênia, a Masai Mara. A atividade chamada "The Wine Cellar Wines of the World Wildebeest Migration Safari" consiste numa semana de aventura, marcada para ocorrer entre os dias 17 e 23 de agosto deste ano.

vinhedo África do Sul

Organizadores promovem degustação em meio a safári

Nas planícies do Serengeti, no interior de Masai Mara, podem ser vistos cerca de um milhão de gnus e zebras todo ano, fator que atrai um séquito de leopardos, guepardos e leões. E será nesse cenário que os fotógrafos consagrados e Roland Peens, diretor da The Wine Cellar Wines, irá guiar 12 convidados pelo safári e apresentar a cada noite vinhos das principais regiões produtoras do mundo. Na ocasião, a The Wine Cellar Wines vai apresentar os vinhos mais reverenciados de Bordeaux, Borgonha, Rhône e Champagne, além de exemplares italianos, espanhóis e sul-africanos. Nomes como como Pétrus, Yquem, Chapoutier, Cristal, Sassicaia, Pingus e Vin de Constance estarão presentes.

De acordo com Peens, os visitantes não só irão desfrutar do maior safári migratório da África, mas também poderão provar, todas as noites, os melhores vinhos do mundo em um ambiente único. Além disso, terão a chance de observar dos alojamentos a travessia de gnus e zebras pelos rios habitados por crocodilos, por exemplo.

O custo do safári por seis noites é de US$ 9.695 por pessoa, incluindo as taxas da reserva de caça, hospedagem com pensão completa, bebidas e voos privados em Masai Mara.

Mais informações aqui.

Redação
Publicado em 31/01/2014, às 08h09 - Atualizado em 03/12/2014, às 08h04


Mais Notícias