Revista ADEGA
Busca

Alain Graillot

A Syrah do Rhône perde seu grande enólogo

Talentoso enólogo da AOC Crozes-Hermitage foi vítima de um infarto


Alain Graillot, enólogo talentoso da AOC Crozes-Hermitage foi vítima de um infarto

Alain Graillot era considerado um dos grandes nomes do Rhône

O mundo do vinho tem seus ícones (são poucos) e um deles faleceu no último dia 3 de março. Alain Graillot era francês e tinha 77 anos e é considerado por muitos como um dos cinco principais nomes do Vale do Rhône. Seus vinhos - Domaine Alain Graillot - são descritos pelos degustadores mais experientes como tendo dado nova vida ao vale e são considerados entre os melhores Syrah do mundo.

» Análises e críticas do mercado de vinhos e premiação no ADEGA IDEAL 2022

Alain Graillot começou tarde na vitivinicultura, tendo feito carreira como engenheiro na indústria química farmacêutica, trabalhando em Paris por longos anos. Depois de uma parceria com Jacques Seysses, no Domaine Dujac, começou a fazer alguns vinhos próprios e em 1985 comprou um vinhedo perto da pequena cidade de Pont de L'Isère no Rhône setentrional. A cada ano ele investiu em pequenas mudanças que levaram a um cultivo orgânico das uvas Syrah, a fermentação dos cachos inteiros e ao amadurecimento em barricas usadas, compradas de produtores da Borgonha. Tudo isso enquanto adquiria pequenas parcelas de terras em Crozes e também em St-Joseph e Hermitage. Ao longo dos anos, seus vinhos foram mostrando ao mundo a elegância da região.

Em uma entrevista em 2005 para a revista Wine Spectator, um Graillot já famoso por seus vinhos afirmou que os jovens (alguns que vinham de Paris também sem experiência), viam nele a possibilidade de ter sucesso no mundo do vinho, começando seus próprios Domaines (o que, sem dúvida aconteceu com muitos que ajudaram no renascimento da região), mas ao final ele afirmou com delicadeza: "Mas eu não sou um guru para ninguém".

Alain Graillot passou o controle de sua vinícola para seu filho mais velho Maxime, em 2008 e começou a atuar como consultor de vinícolas na Itália, Austrália e no Marrocos. Em 2016 seu filho mais jovem Anotoine também entrou para a empresa da família. Mesmo ano em que Alain Graillot foi eleito Presidente da Academia dos Vinhos Franceses.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui

Silvia Mascella Rosa
Publicado em 07/03/2022, às 16h00


Mais Mundovino