Luto no mundo do vinho

Veuve Clicquot perde o seu Mestre de Cave e Londres lamenta a morte do fundador do Vinopolis, o museu do vinho britânico

Champagne na França e Londres perdem figuras importantes no mundo do vinho em 2021


Veuve Clicquot perde o seu Mestre de Cave e Londres lamenta a morte do fundador do Vinopolis museu do vinho britânico

Duncan Vaughan-Arbuckle fundou o Vinopolis, museu do vinho de Londres, que fechou em 2015 - (crédito: Wikimedia Commons)

A semana começa triste com a notícia da morte de personalidades que marcaram o mundo do vinho na Europa.

» Leilão do Hospices de Beaune tem lote vendido por € 800 mil e bate recorde de vendas

Jacques Péters, conhecido como Jacky entre seus muitos amigos, era responsável pela criação do Rosé (não vintage) de Veuve Clicquot e o Rich Réserve demi-sec cuvée, além de ter supervisionado 42 safras em Champagne.

Conhecido como um dos maiores chef de cave de Veuve Clicquot, ele é lembrado não apenas por sua aparência calma, mas também por trazer muito talento para a vinícola na famosa casa de champanhe, onde passou tantos anos, antes de se aposentar em 2006.

Péters nasceu em uma família de produtores em Mesnil-sur-Oger e passou toda a sua vida vivendo e trabalhando em Champagne. Depois de uma longa luta contra um câncer cerebral, o chef de cave, morre aos 75 anos.

Já em Londres a perda é pelo comerciante e empresário Duncan Vaughan-Arbuckle, que faleceu aos 83 anos. Vaughan-Arbuckle foi o fundador e diretor do Vinopolis, a premiada atração de visitantes com tema de vinho, que esteve localizada no Bankside de Londres, de 1999 a 2015.

Veuve Clicquot perde o seu Mestre de Cave e Londres lamenta a morte do fundador do Vinopolis museu do vinho britânico

Jacques Péters segurando uma garrafa de Veuve Clicquot de 1839, encontrada em um naufrágio no fundo do Báltico em 2010

De acordo com sua filha, Desdemona Freeman, seu interesse pelo vinho começou em 1970. “O vinho era claramente o seu assunto favorito”, conta.

Em 1980, Vaughan-Arbuckle fundou a Wigmore Wine Company no Reino Unido, ao lado do maior distribuidor holandês, Dranken BV. Durante esse tempo, ele também comprou e desenvolveu uma operação de varejo de vinhos e criou o Adhoc Wine Warehouse, o primeiro "cash & carry" de vinho para o comércio e público em geral.

» Vinho, queijo e café. Estudo italiano aponta que essas são as chaves para um coração saudável

Em 1988, Vaughan-Arbuckle concebeu Vinopolis, um museu que celebrava o vinho. Para tirar o projeto do papel, ele levantou cerca de 30 milhões de libras de investidores em nove países, incluindo um subsídio de 2,5 milhões de libras do governo britânico.

O Vinopolis abriu suas portas em 23 de julho de 1999 e ganhou inúmeros prêmios de turismo. "A ideia era torná-lo acessível a todos, qualquer um poderia chegar e não se sentir intimidado", diz Freeman, sobre o museu.

Vinopolis fechou suas portas em 2015, embora Vaughan-Arbuckle não estivesse envolvido no projeto no final.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Assine ADEGA

Glaucia Balbachan

Publicado em 23 de Novembro de 2021 às 19:00


Mundovino Jacques Péters Duncan Vaughan-Arbuckle Falecimento Morte Vinopolis Veuve Clicquot