Revista ADEGA
Busca

17.mar - Vinho dos Mortos: tradição portuguesa

Vinho dos Mortos: tradição portuguesa de enterrar garrafas de vinho em fase de certificação


Está em fase de certificação o Vinho dos Mortos de Boticas. Pelo segundo ano consecutivo este vinho português, cujas garrafas são enterradas em saibro antes de serem abertas, deverá ter o  rótulo certificado.

Armindo Sousa Pereira é único produtor da região de Boticas que importa seus vinhos e vai colocar no mercado cerca de duas mil garrafas.

O enterro das garrafas ocorre no mês de abril, e a venda inicia-se em junho, apenas em quatro locais de Boticas.

 O vinho dos mortos remonta ao tempo das invasões francesas (1808) quando a população, para evitar os saques, escondia os bens alimentares, enterrando-os. Mais tarde, o povo descobriu que o vinho apurou e a tradição manteve-se até hoje, embora com tradição familiar.

O produtor Armindo Sousa Pereira é o único que importa o Vinho dos Mortos

Garrafas de vinho enterradas: tradição desde o século XIX

Redação
Publicado em 17/03/2009, às 10h54 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h45


Mais Notícias