Revista ADEGA

Mundovino

Vinho tinto reduz chance de câncer de mama

Estudo mostrou que mulheres que consumiram 250 ml de rótulos Cabernet Sauvignon por mês reduzem concentração de hormônio causador da doença

Da redação em 24 de Junho de 2015 às 14:29

Mais uma descoberta que deve ser comemorada pelos apreciadores de vinho foi publicada pelo jornal Journal of Women´s Health, nos Estados Unidos. Segundo estudo feito pelo Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles, mulheres que consomem cerca de 250 ml de vinho tinto por mês possuem menos chances de contrair câncer de mama. A pesquisa analisou por um tempo mulheres adeptas de Cabernet de Sauvignon (tinto) e Chardonnay (branco), e concluiu que as que consumiam vinho tinto apresentavam redução na concentração do hormônio estrogênio, principal causador da doença. Paralelamente à redução do estrogênio, os pesquisadores acreditam que resveratrol presente no vinho tinto ajuda a diminuir o crescimento das células do câncer de mama.

 Leia mais sobre a uva Cabernet Sauvignon!


Notícias Cabernet Sauvignon Vinho e Saúde


Gran Reserva

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
Digital
1 ano
Digital
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaDigitalDigital
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241224
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 432,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 64,80R$ 100,00
Desconto
EconomizaR$ 151,20R$ 332,00
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também Guia ADEGA Guia ADEGA Vinhos do Brasil 2018/2019 + Poster "as cores do vinho"

Boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas