Nova perspectiva

Vinícolas australianas podem se beneficiar com o ''Brexit''

A saída do Reino Unido da UE pode diminuir a taxa paga pela Austrália para enviar vinho ao bloco britânico


A indústria australiana do vinho acredita que a saída do Reino Unido da União Europeia (EU) pode baratear o custo de envio de seus produtos para o bloco britânico, maior consumidor de vinho australiano do mundo.

Vinicultores da Austrália têm de pagar uma taxa, estipulada pela União Europeia, para enviar seu vinho ao Reino Unido. Com a saída do bloco britânico, eles acreditam que o acordo que firma o valor desta taxa será desfeito, diminuindo o custo de expedição e também o preço pago pelo consumidor final após a separação definitiva do bloco britânico da EU, que ainda não tem data para se oficializar.

Larry Jorgensen, um enólogo australiano, se mantém cauteloso. Em relação à diminuição da taxa, ele disse: ‘’Nós esperamos que todas essas mudanças sejam boas para nossa indústria em termos de igualdade na disputa por mercado com o resto da Europa, mas nós realmente não sabemos o que o vai acontecer’’, afirmou Larry. 

Da redação

Publicado em 28 de Junho de 2016 às 13:00


Notícias Reino Unido Brexit Australia