Enoturismo

10 dicas para comer bem em Firenze na Itália

Dicas apetitosas para temperar sua viagem para uma das mais belas cidades da Itália


 

A região de Firenze na Itália coleciona grandes restaurantes que oferecem uma deliciosa comida e um excelente vinho

Firenze transpira história, arte, cultura... Caminhar pelo centro da cidade é se deparar com um monumento, uma praça e/ou uma escultura a todo instante. Tudo ali é um convite para a contemplação, a Ponte Vecchio, o rio Arno margeando e dividindo a cidade, a Catedral Santa Maria del Fiore, o mercado central (San Lorenzo), a Cappelle Medicee, as lindas portas de bronze do batistério de San Giovanni. Por isso tudo a cidade é cheia de turistas, sempre prontos para cair em armadilhas gastronômicas que toda cidade desse tipo oferece. Mas, com um pouco de pesquisa e planejamento, o passeio a todos esses pontos históricos pode ser regado com bons vinhos e temperado com boas comidas. Firenze, tem muitos restaurantes estrelados, bares e winebars da moda, mas essas dicas deixamos para as revistas especializadas no assunto. Aqui, vamos passar um roteiro um pouco fora do circuito, de quem vai para lá todos os anos para trabalhar, mais especificamente para quem gosta de degustações. Confira 10 lugares para comer e beber (muito bem) em Firenze.

Leia mais:

Toscana: um roteiro enogastronômico

Um passeio com Massimo Bottura em Modena, na Itália

+ 10 coisas que você precisa saber para entender melhor Piemonte

Trattoria da Burde

Restaurante familiar, nos arredores da cidade de Firenze, que vale muito a pena a visita. Se quer luxos e requinte, esqueça, mas se busca comfort food com muita qualidade e uma carta de vinhos gigante, com várias verticais e vinhos com alguns aninhos a mais de garrafa, aqui é o lugar.

Caffe Italiano

Os diferentes cortes de carne ficam numa vitrine para o comensal escolher, sempre frescos, são fracionados na hora de irem para a grelha. Para quem não quer comer carne vermelha ou dar uma variada para além da bisteca, o galeto ao limão é uma opção certeira, sem falar no carpaccio, na tábua de frios; enfim esse restaurante é um porto seguro para quem quer comer bem e com qualidade sem gastar uma fábula. A carta de vinhos não é muito grande, mas é possível encontrar alguma safra antiga perdida.

Buca Mario

A especialidade e a fama estão na famosa bisteca, mas se você gosta de pescados aqui são sempre frescos e uma excelente pedida. A carta de vinhos é enxuta e cheia de rótulos famosos, mas dando uma fuçada com critério, pode trazer boas recompensas.

Trattoria Gargani

Fora a famosa bisteca, os antepastos são, em geral, muito bons e merecem atenção. As anchovas são um caso a parte. Experimente.

Ristorante Il Latini

Mais turístico e também histórico, oferece ótima comida toscana e vasta carta de vinhos, incluindo rótulos estrangeiros. Ambiente acolhedor e, às vezes, um pouco barulhento.

Cibrèo

Excelente restaurante, que oferece a típica cozinha toscana na interpretação do afamado chef Fabio Pichi, que atualmente possui quatro restaurantes no mesmo quarteirão. A estrela da casa – e o mais caro – é Cibrèo Restaurant, que merece a visita e os euros cobrados. Mas, se não quiser gastar muito, e ainda comer muito bem, há o Cibrèo Trattoria, o Ciblèo Tuscan Oriental e o Cibrèo Café. Todos seguindo a filosofia de servir a autêntica cozinha toscana. A carta de vinhos é diversa e os preços são justos.

Il Santo Bevitore

Restaurante mais descolado, com montagens dos pratos mais atuais e opções diversifica - das e consistentes. A carta de vinhos é menos óbvia e repleta de opções de toda a Itália, dando espaço para produ - tores pequenos e/ou menos conhecidos.

Signorvino Firenze

Essa é uma rede de lojas de vinhos – presente em diversas cidades italianas – que também é restaurante. No conhecido esquema de poder comprar o vinho a preço de loja e tomar na mesa. Aqui é um parque de diversões para o amante de vinho, com opções para todos os gos - tos e bolsos. Comida correta e com boas opções, dentro do que se espera de uma loja/restaurante desse tipo. Destaque aqui é tomar uma taça de vinho na linda varanda do lugar, que tem vista para o rio Arno e a Ponte Vecchio.

Mercato Centrale Firenze (San Lorenzo)

Aqui não tem como não ser turístico, mas vale a visita, de preferência vá no final da manhã para caminhar pelo mercado e termine o passeio almoçando na parte de cima, com as mais variadas opções, desde pizzas, passando por tábua de frios, o famoso lampredotto, e até um box especializado em trufas. O melhor é que ali mesmo tem uma loja/enoteca onde se pode comprar vinhos em taças ou em gar - rafas para acompanhar essas maravilhas. Estando por lá, aproveite para comprar funghi porcini e tomate de San Marzano, você não vai se arrepender.

Enoteca Sei Divino!

Pequena, aconchegante, intimista e nada turística, aqui é o típico lugar onde o toscano vai ao final de tarde para tomar uma taça de vinho e comer um antepasto. Serviço atencioso e personalizado, com as mais variadas opções. Cardápio enxuto, comidinhas gostosas, com queijos e embutidos bem selecionados.

Veja também:

+ Vinhos italianos avaliados pela ADEGA

Onde aproveitar o melhor do vinho no mundo?

ASSINE JÁ A REVISTA ADEGA. DESCONTOS DE ATÉ 76% 

Eduardo Milan

Publicado em 26 de Setembro de 2019 às 13:00


Notícias Itália vinhos italianos enoturismo vinho e viagem Firenze

Artigo publicado nesta revista

OPUS ONE

Revista ADEGA 161 · Março/2019 · OPUS ONE

VERTICAL ÉPICA COM TODAS AS 37 SAFRAS DO ÍCONE AMERICANO