2020: Que ano!


 

Por Christian Burgos

2020 foi marcado por recordes, pela expansão do consumo e pela recompensa à resiliência e inovação.

Analisamos os dados de mercado do vinho fechados pela Ideal Consultoria e aqui compartilhamos alguns destaques.

  • O consumo entre os maiores de 18 anos atingiu 2,78 litros per capita segundo a Ideal Consultoria.
  • Apesar da queda de 5% na comercialização/importação da categoria espumantes, o volume total cresceu 31% entre nacionais e importados atingindo a marca histórica de 501 milhões de litros.
  • Em volume de vinhos tranquilos, as importações cresceram 29%, os vinhos finos nacionais dobraram de tamanho e o vinho de mesa cresceu 32%. Os vinhos nacionais só não cresceram mais por falta de insumos.
  • As importações, somando vinhos e espumantes, cresceram 26,5% em volume e 13,6% em dólar FOB.

Nos vinhos, 5 países do TOP 10 cresceram acima da média do mercado:

  • Chile que ampliou seu market share e além disso, com a queda das vendas para Ásia, viu o Brasil se tornar seu principal mercado internacional.
  • Argentina que voltou à 2ª posição entre os importadores.
  • Portugal que caiu para a 3ª posição, mas foi o único cujo crescimento em valor superou o crescimento em volume.
  • Espanha que continua sua trajetória de crescimento
  • Uruguai com os maiores crescimentos percentuais em volume e valor

Analisando outros cortes das informações surgem alguns destaques importantes:

  • Os vinhos cujo preço ao consumidor está abaixo dos R$ 45 dobraram em volume.
  • VCT Brasil (Concha y Toro) importou mais de 2 milhões de caixas do Chile e é responsável por ¼ do vinho chileno no Brasil.
  • A forte queda do Lambrusco, para a qual ainda estou formulando uma tese.

É importante lembrar que a Ideal trabalha com dados de “sell in”, que neste caso representam uma visão conservadora. Pois num ano de câmbio muito elevado não existe estímulo à formação de estoque de importados.

Como já disse outras vezes, existem razões (poucas boas e muitas ruins) para uma empresa não importar, mas apenas uma razão para importar: vendas!

Destaque

Neste ano cresceram as vendas dos extremos da pirâmide, dos vinhos de entrada e dos vinhos mais caros. Entre os distribuidores, surfou a onda quem sempre teve foco no off trade, quem tem uma forte operação digital ou uma sólida operação multicanal.

Novidade

Com tanta coisa acontecendo, a Ideal Consultoria e ADEGA resolveram aprofundar sua parceria. Lançaremos o Adega Ideal – Seminário de Mercado de Vinho.

Esta primeira edição, em formato de webinar, poderá ser acompanhada gratuitamente no dia 9 de fevereiro com início às 16hs.

Ainda esta semana divulgaremos a programação completa e o link para inscrição.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Christian Burgos

Publicado em 18 de Janeiro de 2021 às 12:00


Notícias 2020 dados Vinho Mercado Importação