Diretamente do século IV

Mergulhadores encontram busto milenar de Dionísio no Mar Mediterrâneo

Eles recuperaram a pequena escultura de metal com o rosto do deus grego do vinho na costa de Israel


Os mergulhadores israelense Ran Feisten e Ofer Raanan encontraram no porto da cidade de Cesaréia, litoral de Israel, um conjunto de estátuas e moedas com mais de 1.600 anos de idade. Entre os artefatos, encontrava-se o rosto do deus grego do vinho Dionísio.

 Busto de Dionísio (Foto: Israel Antiquities Authority)

Segundo a Autoridade de Antiguidades de Israel, os mergulhadores encontraram as raridades por acaso enquanto praticavam mergulho. Após a descoberta, outros mergulhos foram acionados e localizaram mais peças do período romano. Segundo a entidade israelense, as peças estão em ótimo estado.

O diretor da unidade marítima da Autoridade de Antiguidades, Jacob Sharvit, acredita que o tesouro estava em um navio naufragado. A embarcação teria sido surpreendido por uma tempestade perto do porto e ficado à deriva até colidir com as rochas. O navio estava carregando os metais para serem derretidos ou descartados.

Dionísio, filho de Zeus, era considerado na mitologia grega o deus das festas e das bebidas, mas principalmente do vinho, pois possuía conhecimento sobre a colheita e o plantio da uva. Os segredos da produção do fermentado, segundo a mitologia, eram guardados por Dionísio.

Da redação

Publicado em 17 de Maio de 2016 às 14:00


Notícias dionísio vinho israel mar