Châteaux Pavie e Angélus valorizam-se com upgrade na classificação

Os dois Châteaux foram promovidos para Grand Cru Classé A de Saint-Émilion no ano passado


Château Pavie

Pavie teve valorização de 29%

Em 2012, os Châteaux Pavie e Angélus foram alçados à categoria Grand Cru Classé A de Saint-Émilion, juntando-se aos Châteaux Ausone e Cheval Blanc, na mais alta classificação de vinhos da região bordalesa.

Desde então, a Liv-ex, empresa que monitora preços de compra de vinho mundo afora, relatou que os dois produtores têm tido “sólidas atividades no mercado secundário e movimento de preços substanciais em safras recentes”.

Angélus vem tendo mais sucesso do que o Pavie, com aumento de 37% de 2000 a 2009, enquanto Pavie teve 29%. O preço médio para uma caixa de Angélus este ano foi de 2.157 libras e 2.134 libras para Pavie. A média no ano passado foi de 1.585 e 1646 libras respectivamente.

O maior aumento para Angélus foi na safra 2008 que cresceu de 1.145 libras o valor da caixa em 2012 para 1.775 libras neste ano. Enquanto isso, a safra 2001 aumentou em 49% no mesmo período, indo de 1.604 libras para 2.404. Pavie, por sua vez, viu a safra 2000 subir 35%, de 3.390 libras a caixa no ano passado, para 4.575 libras este ano.

Apesar desses aumentos, ambos os Châteaux ainda permanecem com preços distantes dos antigos Grand Cru Classé A, Ausene e Cheval Blanc, cujas médias de preço são 3.664 e 6.520 respectivamente.

Da redação

Publicado em 1 de Outubro de 2013 às 11:38


Notícias pavie angélus valorização liv-ex classificação saint-emilion