Vinho - 18.Jul.

Criada primeira adega submersa do mundo


A partir do próximo ano, os produtores que quiserem envelhecer seus vinhos em baixo d'agua terão um lugar para isso. Frank Labeyrie, do Château du Coureau emCôtes de Bordeaux Cadillac, irá criar o primeiro serviço de adegas submersas do mundo.

divulgação

Chamado de Vin Mille Lieu Sous Les Mers, um trocadilho com o clássico francês de Jules Verne, Vinte Mil Léguas Submarinas,o serviço ficará a 150 quilômetros da costa do atlântico e terá cerca de mil metrôs de profundidade.

Labevrie acredita que a temperatura constante do oceano, zero luz e zero oxigênio irão ajudar o vinho envelhecer devagar, mantendo sua intensidade por mais tempo e produzindo um sabor mais profundo. Ele já envelheceu 10 mil garrafas de seu vinho Arcachon Bay, nos últimos cincos anos.

O vinho será guardado em um conteiner de metal reforçado, capaz de agüentar uma pressão de uma tonelada por metro cúbico, equipado com câmeras e um dispositivo de rastreamento, e com um selo de cera sobre as rolhas das garrafas originais.

O armazenamento será de, no máximo, 10 anos, e as garrafas serão trazidas à superficie de dois em dois anos para degustação, para que o proprietário decida se quer continuar o processo de envelhecimento submerso ou não.

O serviço irá custar cerca de 17 euros por garrafa, com um número minimo de garrafas por conteiner, e será lançado oficialmente em junho de 2013.

Mais notícias sobre vinhos...

Autor de Sideways pressiona diretor para produzir sequência
Vinhedos em Maconnais conseguem classificação Premier Cru
Moet Hennessy tira champanhe da prateleira por erro no rótulo
Importadora realiza "Wine Day" com degustações e vinhos a preços acessíveis
Washington cria guia online para produção vitivinícola sustentável

Da redação

Publicado em 18 de Julho de 2012 às 07:31


Notícias