Revista ADEGA
Busca

Relíquia de vinho da Dinastia Ming é arrematada por US$ 36 milhões

Uma xícara de vinho feita de porcelana foi adquirida por um dono de museu de Xangai


Antiguidades chinesas sempre foram cobiçadas, mas, uma xícara de vinho da Dinastia Ming, feita de porcelana, foi vendida por US$ 36 milhões em um leilão. O novo proprietário, o dono de um museu recém-inaugurado em Xangai, Liu Yiqian, adquiriu a peça em um leilão da Sotheby's realizado na mesma cidade. 

Divulgação

Xícara de vinho da Dinastia Ming é arrematada em leilão por US$ 36 mi

A xícara de vinho da Dinastia Ming – que reinou na China entre os séculos XIV e XVII – é um item importante dentre os tesouros culturais da China. Apenas 19 peças dessa relíquia foram feitas para o imperador, Chenghua. E dessas 19 peças, quatro são propriedade de colecionadores e o resto está sob cuidados de museus. “Este é realmente o Santo Graal quando se trata de arte chinesa”, afirmou o presidente da Sotheby's na Ásia.

A peça é também conhecida como “copo de frango” por ter pinturas em miniatura de galos e galinhas.

Redação
Publicado em 16/04/2014, às 08h03 - Atualizado em 03/12/2014, às 08h04


Mais Notícias