Mundovino

Nova lei cria a Rota dos Vinhos de Altitude, em Santa Catarina

O turismo vai ajudar os produtores a colocar a região definitivamente no mapa dos vinhos do Brasil


Vinhedos na região de Santa Catarina

A Rota Turística Vinhos de Altitude de Santa Catarina será fundamental para o desenvolvimento do enoturismo, independentemente da época do ano. Principalmente depois que os vinhos da região ganharam o status de Indicação de Procedência Vinhos de Altitude de Santa Catarina.

A ideia, então, é usar o movimento para consolidar a região no mapa dos viajantes que também querem mergulhar no mundo do vinho.

A nova lei propõe também a criação de um passaporte com informações sobre as cidades, os produtores e os vinhos da região. O documento serviria também para identificar os pontos turísticos das cidades englobadas pela Rota dos Vinhos.

Ainda não há a definição se o Passaporte será grátis ou não.

» 10 vinhos brasileiros que você precisa conhecer

A rota turística determinada pela lei abrange mais de 20% do território catarinense. Entre as cidades estão Água Doce, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, Caçador, Campo Belo do Sul, Campos Novos, Capão Alto, Fraiburgo, Lages, Macieira, Rio das Antas, Salto Veloso, São Joaquim,  Tangará, Treze Tílias, Urubici, Urupema e Videira.

Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 17 de Agosto de 2021 às 14:00


Mundovino Santa Catarina Vinho Rota dos vinhos de altitude Indicação geográfica