PUBLIEDITORIAL

Pisano

Vinícola focada em técnicas não intervencionistas


 

Vinícola possui história centenária e uma gama de vinhos que vai dos espumantes aos tranquilos e doces

Pisano pertence a um grupo de pequenos vinhateiros familiares com tradição artesanal em fazer vinhos que refletem o caráter da terra e das pessoas que os fazem. A história do vinho da família no Uruguai começa em 1870 quando Francesco Pisano chegou da Liguria, na Itália, ao Uruguai, e seu filho Don Césare Secundino Pisano mudou-se para Progreso e ali plantou vinhedos em 1914. Demorou dez anos para fazer seu primeiro vinho, em 1924, que foi a primeira safra da família Pisano no Uruguai.

Localizado na região Progreso, Canelones, atualmente, a empresa está nas mãos dos quatro irmãos Pisano: Daniel, Eduardo, Gustavo e César. Pisano tem um estilo único e próprio para produzir vinhos, usando práticas de agricultura não intervencionista para garantir vinhos cheios de caráter e personalidade que, segundo Gustavo, um dos irmãos que comanda a vinícola, está na sutileza usada na vinificação.

A família Pisano compartilha uma herança italiana e basca, embora suas variedades de uvas se estendam a Torrontés, Viognier, Pinot Noir, Petit Verdot e Tannat, é claro. O portfólio inovador inclui uma gama de vinhos tranquilos, doces e espumantes.

Saiba mais sobre a Pisano clicando aqui

Vinhos sugeridos

Pisano RPF Petit Verdot 2015 - AD 92 pontos

Clique aqui para comprar esse rótulo

Río de los Pájaros Reserve Pinot Noir 2015 - AD 91 pontos

Compre clicando aqui

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 4 de Dezembro de 2020 às 14:30


Notícias Pisano Vinho Uruguai