Cadê o mapa?

Projeto espalha arte contemporânea em vinícolas da Itália

Inédito, 'The Art of the Treasure Hunt' une arte e vinho em sete produtoras toscanas


A união entre os amantes da arte e os apaixonados por vinhos resultou em um projeto interessante na Itália, chamado The Art of the Treasure Hunt. Podendo ser traduzido como "A arte da caça ao tesouro", o empreendimento pretende fazer com que enófilos visitem as dependências e vinhedos das sete vinícolas participantes, em busca de 12 obras de arte - que vão desde esculturas e instalações até fotografias e filmes.

Ao todo, sete produtoras centenárias da região de Toscana fazem parte da iniciativa: Castello di Ama, Castello di Brolio, Catello di Volpaia, Colle Bereto, Felsina, Gagiole e Borgo San Felice. Fantasiadas de meseus, elas expõem trabalhos de artistas como Giulia Piscitelli, Alexandra Sukhareva, Issac Julian, Ibrahim Mahama, Philippe Chancel, Heinz Mack etc.

"A experiência dos visistantes oscila entre o velho e o novo, já que contempla arte contemporânea nas sombras das antigas adegas e possibilita aos participantes saborear azeite de oliva novo e vinhos envelhecidos", afirmou Kasia Redzsisz, curadora do projeto, que poderá ser apreciado até o próximo dia 31 de outubro.

 

LEIA MAIS
International Tasting 2016: a maior degustação do ano
As dez marcas de vinho mais vendidas do mundo
Vinícola oferece cinema a céu aberto
Qual o tempo ideal para guardar um vinho?

Da redação

Publicado em 14 de Setembro de 2016 às 14:20


Notícias The Art of the Treasure Hunt