Revista ADEGA
Busca

Classificação dos vinhos Tokay Aszú passa a ser mais rigorosa

A partir da safra 2013, vinhos devem atingir, no mínimo, 120 gramas por litro de açúcar residual


Tokay Aszú

Aszú não terá mais 3 ou 4 puttonyos

Os famosos vinhos de sobremesa produzidos na região de Tokaji, na Hungria, passaram por uma redefinição no que é preciso ser um Aszú. O Hegyközség, órgão responsável pela definição de normas e limites na produção de Aszú, afirmou que, a partir da safra 2013, os vinhos precisarão ter teor mínimo de açúcar residual de 120 gramas por litro para receber a denominação Aszú.

Em outras palavras, não existirão mais Aszú 3 ou 4 puttonyos, apenas 5 puttonyos (120 g/l) ou 6 puttonyos (150 g/l) e o Eszencia, que chega a 180 g/l. Em anos especiais, o Eszencia consegue alcançar incríveis 900 gramas de açúcar residual por litro, levando sete meses para fermentar e formar 2% de volume de álcool.

Vale lembrar que isso restringe ainda mais os rendimentos dos vinhedos de Tokay, que precisam de 50 quilos de uva para fazer um litro de vinho.

Redação
Publicado em 26/05/2014, às 09h33 - Atualizado em 03/12/2014, às 08h04


Mais Notícias