Mundovino

Champagne prevê volume de negócios recorde em 2021 apesar da Ômicron

Embora ainda haja preocupação com a nova variante Ômicron, setor está otimista com a retomada


Nova variante pode impedir a previsão positiva dos negócios de champagne (Por Adobe Stock)

Nova variante pode impedir a previsão positiva dos negócios de champagne (Por Adobe Stock)

A retomada aponta forte em Champagne.

» O mito do cavalo fantasma, a nova sensação cult dos Estados Unidos

O volume de negócios do setor deve ultrapassar 5,5 bilhões de euros para 2021 e 315 milhões de garrafas comercializadas, superando o recorde de 5 bilhões alcançado em 2019, explicou Jean-Marie Barillère, co-presidente do Comitê Interprofissional de Vinho de Champanhe (CIVC) e presidente da União das Casas de Champanhe (UMC).

Barillère constata um duplo fenômeno de reposição de estoques, forte demanda dos consumidores e boas tendências de exportação, particularmente nos países anglo-saxões. "A pandemia tem levado a novos padrões de consumo relacionado ao convívio em casa ", diz ele.

Acredita-se que serão ultrapassados 5,5 bilhões de euros antes do período das férias de fim de ano. "Há 15 dias, eu teria dito que a perspectiva era excelente para as festas de fim de ano, mas agora com a nova variante, acho que vai amenizar nosso otimismo", acrescentou, prevendo uma possível paralisação de eventos e festas.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Glaucia Balbachan

Publicado em 8 de Dezembro de 2021 às 11:45


Mundovino Champagne Recorde Comercialização Vendas Vinho