Mundo da taça!

Concurso Internacional de Vinhos do Brasil se consolida como o maior da América Latina

Número recorde de amostras, o maior júri da história, representatividade global e excelência na organização consagram evento em sua sétima edição


Bento Gonçalves (Brasil) - Na última sexta-feira, o 7o Concurso Internacional de Vinhos do Brasil chegou ao fim no Hotel & SPA do Vinho, no Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha, consolidado como o mais importante da América Latina e um dos mais reconhecidos de todo o mundo. A maior edição da história do concurso registrou 709 amostras de 18 países, de todos os continentes, um aumento recorde de 41% em relação a 2013, que comprova o tamanho do mercado e do setor vitivinícola brasileiro.

Concurso registrou 709 amostras de 18 países, um aumento recorde de 41% em relação a 2013

O evento reuniu um painel internacional de 66 degustadores de 11 países, que concederam 212 medalhas, sendo 88 de Ouro e 124 de Prata, somando 30% do total de amostras inscritas conforme rege as normas internacionais. As impressões do júri, formado por enólogos e experts brasileiros e internacionais, além de jornalistas especializados, em torno de cada amostra, foram compartilhadas em um sistema de avaliação totalmente informatizado, garantindo maior agilidade e segurança na tabulação dos dados.

Implantado ainda na edição de 2010, o sistema apresentou excelente desempenho, colocando o concurso entre os mais organizados do mundo. “Acompanhamos cada detalhe com profissionalismo para garantir o sucesso do evento. Etapa por etapa teve o empenho de toda a comissão organizadora, que zelou pela total transparência e segurança”, destaca Luciano Vian, enólogo e presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE).

As 709 amostras representaram terroirs de todos os continentes: África, Europa, América, Ásia e Oceania. Vian acredita que o concurso foi o local apropriado para diagnosticar a evolução dos vinhos do mundo inteiro e, ao mesmo tempo, respeitar as suas particularidades. Christian Burgos, Publisher da INNER Editora, concorda com a visão do presidente da ABE e reconhece que o momento é histórico. “Demos um importante passo na consolidação do concurso. Atraímos novas marcas, novos países, fortalecendo nossa vitrine mundial”, avalia.

Evento reuniu painel internacional de 66 degustadores de 11 países

Único no Brasil com a chancela da Organização Internacional da Uva e do Vinho (OIV) e da União Internacional de Enólogos (UIOE), o Concurso Internacional de Vinhos do Brasil é promovido pela ABE, em parceria com a INNER Editora, responsável pela publicação da Revista ADEGA, Almanaque do Vinho e Guia ADEGA Vinhos do Brasil. A aliança alcançou seus objetivos, ampliando o volume de amostras em 41%, passando de 503 em 2012 para 709 nesta edição. Este resultado confirma a superação do desafio de antecipar a data do concurso em função da Copa do Mundo no Brasil.

Outro importante benefício, fruto desta parceria, poderá ser visto com a ampliação da divulgação dos resultados. “Agora, o Concurso Internacional de Vinhos do Brasil passa a ter uma janela internacional com vista para o mundo, o que torna o evento muito mais atraente às vinícolas”, comemora Luciano Vian. Com esta nova estratégia de divulgação, pela primeira vez o resultado do concurso será amplamente divulgado na maior feira de vinhos da América Latina, a Expovinis 2014, em São Paulo, que acontecerá de 22 a 24 de abril.

Veja o resultado final do Concurso!

 

Da redação

Publicado em 12 de Abril de 2014 às 10:36


Notícias Concurso Internacional Vinhos jurados Vale dos Vinhedos ABE presidente América do Sul OIV