Revista ADEGA
Busca

Escola do vinho

Conheça a bordalesa Petit Verdot e dicas de vinhos para amar a casta

Tipicamente bordalesa, a Petit Verdot vem conquistando novos terroirs mundo afora


Curiosidades sobre a bordalesa Petit Verdot e dicas de vinho para amar a casta

Petit Verdot oferece cor e estrutura tânica aos vinhos, além de um lado um pouco mais herbáceo

Uma das variedades bordalesas clássicas, porém das menos faladas, a Petit Verdot costuma fazer parte dos blends da icônica região francesa, sendo responsável por oferecer cor e estrutura tânica aos vinhos, além de um lado um pouco mais herbáceo.

» Afinamento, clarificação, estabilização... o que é o processo de colagem?

Embora a Petit Verdot seja geralmente considerada proveniente do Gironde, no sudoeste da França, e de fato a primeira menção a casta foi lá em 1736, pesquisas ampelográficas apontam que a Petit Verdot se originou nos Pirineus, onde foi domesticada de videiras silvestres.

São poucos os varietais feitos com ela ao redor do mundo, mas há enólogos investindo bastante nesta casta principalmente em países como Chile e Argentina. 

A Petit Verdot produz vinhos potentes, ricos, de cor profunda, tânicos, muitas vezes especiados e com bons níveis de álcool e acidez. 

Alpasión Grand Petit Verdot 2018

Alpasión Grand Petit Verdot 2018 - AD 90 pontos - Alpasión, Mendoza, Argentina

Este é um 100% Petit Verdot, com estágio em barricas novas de carvalho francês. Estruturado e concentrado, tem acidez pronunciada, taninos numerosos e de ótima textura e final médio/longo, com notas de cerejas escuras, de tabaco e de cacau.

Arboleda Brisa 2016

Arboleda Brisa 2016 - AD 93 pontos - Arboleda, Aconcágua, Chile

Blend composto de 37% Petit Verdot, 33% Cabernet Franc e 30% Malbec, com estágio de 22 meses, metade em foudres e a outra metade em barricas de carvalho francês, sendo 20% novas. Chama atenção pelo volume de boca, pela textura fina e firme de seus taninos e pelo final profundo e persistente.

Château Reynon Rouge 2016

Château Reynon Rouge 2016 - AD 90 pontos - Denis Dubourdieu, Bordeaux, França

Este belend de Merlot, Petit Verdot e Cabernet Sauvignon, com estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês é fluido, de boa tipicidade e gostoso de beber, muito equilibrado com taninos aveludados e refrescante acidez. Traz ainda final cativante, com toques terrosos e de couro.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui

Arnaldo Grizzo
Publicado em 05/02/2022, às 14h00


Mais Escola do vinho