Revista ADEGA
Busca

Escola do vinho

É possível fazer vinho branco com uvas tintas?

Sim, é. Embora sejam raros os exemplares disponíveis no mercado


Sim, é possível fazer vinho branco com uvas tintas
Sim, é possível fazer vinho branco com uvas tintas

A pergunta que não quer calar: se a polpa da uva é branca, o que torna o vinho tinto avermelhado? A resposta é bastante simples: as cascas. Então é possível fazer um vinho branco de uvas tintas? Sim!

Na verdade, é o contato com as cascas durante a fermentação, em um processo chamado de maceração. Assim, uvas tintas que fermentam em contato com suas cascas acabam gerando um líquido avermelhado. A densidade da cor vai depender tanto da intensidade da cor da própria pele da uva quanto do tempo de contato dela com o mosto.

Sendo assim, se retirarmos o contato com as cascas das uvas, vamos ter como resultado um vinho branco. Então, sim, é possível fazer um vinho branco de uvas tintas.

Voltando um pouco na história, talvez você já tenha ouvido o termo clarete, muito comum para designar os vinhos de Bordeaux até o século 19. Por que eles recebiam esse nome? Porque tinham cor vermelho-pálido, estilo um rosé, devido à pouca maceração com as cascas.

Lembrando que nem todos os rosés possuem cor clara devido à pouca maceração. Alguns (bem poucos e geralmente espumantes) podem ser feitos com uma mistura de vinho branco com tinto. 

e-possivel-fazer-vinho-branco-com-uvas-tintas
A cor do vinho está ligada à casca da uva

E por que não se vê muitos vinhos brancos feitos com uvas tintas por aí?

Basicamente porque a maceração com as cascas não dá ao vinho somente sua bela cor, mas aporta ainda outras características importantes, como taninos e outros polifenois presentes nas peles que influenciam diretamente nos sabores e aromas dos vinhos.

Ainda assim, se deixarmos de lado a ideia de “tintos e brancos”, há diversos espumantes brancos produzidos com uvas tintas, por exemplo, e alguns até recebem o nome de Blanc de Noirs (“branco de tintas”). Contudo, é bastante raro ver um branco feito com uvas tintas, pois, na maioria das vezes, vale mais a pena macerar as cascas.

Arnaldo Grizzo
Publicado em 17/06/2022, às 08h00


Mais Escola do vinho