Estudo diz que componente do vinho ajuda a reverter sintomas da obesidade no sistema imunológico

O resveratrol, componente encontrado no vinho tinto, pode neutralizar os efeitos do ganho de peso no sistema imunológico


vinho tinto

Vinho tinto é fonte natural de resveratrol

Estudos realizados na Universidade do Texas revelaram que um componente encontrado no vinho tinto, o resveratrol, pode aliviar os efeitos causados que uma dieta rica em gorduras inflige no sistema imunológico. "Em estudos pré-clínicos, o resveratrol tem se mostrado ser benéfico em retardar o processo de envelhecimento e inibir alguns dos efeitos deletérios associados à obesidade”, afirma Christopher Jolly, professor associado do Departamento de Ciências da Nutrição da Universidade do Texas.

O estudo mostrou que os ratos que receberam uma dieta rica em gordura e doses de resveratrol ganharam menos peso do que aqueles que não receberam o componente. A pesquisa, publicada no Journal of Nutritional Biochemistry, sugere então que o resveratrol pode proteger contra o ganho de peso e neutralizar seu impacto no sistema imunológico. Os cientistas acreditam que o resveratrol exerce um efeito protetor no timo, o órgão responsável pela resposta imunológica das células, previnindo seu envelhecimento precoce em decorrência de uma dieta não balanceada. A diminuição da atividade desse órgão é o que faz com que pessoas mais velhas sejam mais susceptíveis a doenças infecciosas.

“Mesmo se você estiver em um dieta não saudável, há coisas que você pode consumir simultaneamente que podem protegê-lo de alguns dos efeitos nocivos de uma dieta não balanceada. O resveratrol é um deles”, diz Jolly.

Da redação

Publicado em 22 de Janeiro de 2014 às 09:01


Notícias resveratrol obesidade sistema imunológico