Mundovino

Gigante espanhol anuncia vinhedos 100% orgânicos até 2024

A Raventós Codorníu já é a maior produtora de Cava orgânica


Raventós Codorníu anuncia vinhedos 100% orgânicos até 2024

Vinhedos de Codorníu na Espanha estão atualmente em conversão para viticultura orgânica

Em um comunicado a Raventós Codorníu apresentou seu plano para garantir que todas as uvas cultivadas nas suas vinícolas na Espanha, Argentina e Califórnia sejam produzidas organicamente dentro de três anos.

» Sustentabilidade. Como você, enófilo, pode ajudar para uma indústria mais verde

Também disse que suas marcas Cava Parxet, Titiana e Raimat foram atualmente certificadas como orgânicas e que as seguintes vinícolas passarão pela transição de três anos: Mont-Ferrant, Raventós d'Alella, Scala Dei, Poblet, Portal del Montsant, Legaris e Bodegas bilbaínas.

De acordo com a informação, a Codorníu vende atualmente 4,77 milhões de garrafas de Cava orgânica anualmente, o que representa 35% do mercado mundial, tornando o grupo o maior produtor orgânico de Cava do mundo.

Em termos de área, o grupo possui 3.570 hectares, dos quais 50% são orgânicos certificados e os outros 50% já passam pela conversão para certificação orgânica – com 88% ganhando o credenciamento até o final de 2022.

A lista de vinícolas pertencentes ao grupo e seu status orgânico atual são:

Parxet – orgânico
Titiana - orgânico
Raimat – orgânico
Mont-Ferrant – em transição
Raventós Alella – em transição
Scala Dei – em transição
Abadia de Poblet – em transição
Portal del Montsant – em transição
Legaris – em transição
Bodegas Bilbaínas – em transição
Codorníu – em transição
Septima – em transição
Artesa – em transição
Bach – em transição
Nuviana – em transição

Como parte do compromisso de sustentabilidade, o grupo está em processo de adesão ao Pacto Global da ONU e endossou vários dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, que incluem garantir que 50% da energia gerada em seus centros venha de fontes renováveis até 2030.

Atualmente, a empresa espanhola possui três usinas solares e uma instalação de biomassa que satisfaz 10% de suas necessidades energéticas na Espanha. O grupo também disse que até o final do próximo ano, todas as suas compras de eletricidade na Espanha serão de fontes renováveis garantidas. De acordo com a Federação Espanhola de Vinhos (FEV), a Espanha é líder mundial em área de superfície de vinhedos orgânicos.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Assine ADEGA

Glaucia Balbachan

Publicado em 10 de Novembro de 2021 às 18:00


Mundovino Raventós Codorníu Cava Orgânico Vinho orgânico Vinhedo orgânico Sustentabilidade