Harmonizações

Como harmonizar a Nebbiolo, a uva de grandes vinhos italianos

Pato, parmesão, cozido de carne. Possíveis combinações para vinhos à base de uma das principais uvas da Itália


Harmonização com vinhos à base de Nebbiolo. Cultura Creative (RF) / Alamy Stock Photo

Nebbiolo é responsável por excelentes vinhos italianos

Seus grandes expoentes certamente são Barolo e Barbaresco, mas não podemos esquecer que a Nebbiolo, casta típica do Piemonte, pode estar em outros vinhos menos badalados da região ou ainda aparecer em outros locais da Itália (por ser uma variedade considerada difícil, ela não é amplamente cultivada) como Valtellina, onde é conhecida com Chiavennasca, ou em outras partes do mundo, mas sempre em vinhedos pontuais, nunca em tão “larga escala” quanto no Piemonte.

Seu nome deriva de nebbia, ou seja, a neblina que cobre os campos piemonteses especialmente no outono.

A Nebbiolo é, muitas vezes, comparada com à Pinot Noir devido às suas complexidades e similaridades.

Ambas tendem a ser de cultivo bastante delicado e costumam expressar bem o terroir de onde vêm. A cor também tende ser pálida, o que, às vezes, pode “enganar” e fazer com que a associemos a vinhos mais leves.

» Barolo e a unificação do reino da Itália

» As 10 regras de ouro da harmonização (e cinco erros comuns no casamento de vinhos e pratos)

» 10 coisas que você precisa saber para entender melhor Piemonte

Pelo contrário, a Nebbiolo é uma uva que costuma gerar vinhos bastante estruturados, com acidez e taninos muito intensos. Outra característica importante é o olfato, costumeiramente muito floral, mas também com tons terrosos. Confira algumas ideias de pratos que podem combinar com vinhos feitos com essa casta peculiar.

Parmesão

Alguns tipos de queijo curados podem fazer uma boa companhia para vinhos à base de Nebbiolo, como Grana Padano ou Reggiano, ou ainda Pecorino.

A estrutura do vinho equipara a massa e o sal do queijo. Vale a pena ainda experimentar com alguns queijos de cabra também curados ou então mofados cremosos por exemplo. 

Embutidos

Uma primeira escolha seria prosciutto, mas você também pode optar por pastrami, ou copa, ou também um bom salame.

Embutidos com vinho à base de Nebbiolo

Há várias opções de embutidos que harmonizam com vinhos à base de Nebbiolo

A gordura, o sal e o defumado dão o tom e casam com a estrutura dos vinhos feitos com Nebbiolo, especialmente os mais leves.

Aves de caça

A textura e os sabores mais pungentes das aves de caça, como perdiz, faisão, codorna, pombo ou mesmo galinha d’angola, juntamente com preparos levemente especiados, podem combinar lindamente com vinhos à base de Nebbiolo, especialmente com a rusticidade de alguns Barbarescos.

Pato

Um magret temperado com um molho levemente agridoce pode ser uma ótima opção assim como também um pato assado no estilo chinês, com especiarias e aquela crosta agridoce.

Harmonização de pato com Nebbiolo

Nebbiolo pode equilibrar bem com a carne do pato

A Nebbiolo pode equilibrar bem a carne do pato e os tons levemente adocicados e especiados dos temperos, além de fazer um par interessante no perfume.

Cozido de carne no molho de vinho

O famoso Brasato al Barolo, uma espécie de cozido de carne no molho feito com Barolo, uma receita típica piemontesa, pede a companhia da Nebbiolo também na taça. A estrutura do prato casa com a do vinho, mesmo que você não use um Barolo para cozinhar. Mas, se puder, ao menos harmonize com um.

Não avise  franceses nem italianos, mas um boeuf bourguignon também pode funcionar.

Brasato al Barolo, uma espécie de cozido de carne no molho feito com Barolo

Brasato al Barolo, um cozido de carne no molho feito com o próprio Barolo

Abaixo, algumas dicas de bons vinhos baseados na Nebbiolo que vão fazer bonito com esses pratos:

La Mossa Valtellina Superiore 2013

La Mossa Valtellina Superiore 2013 - AD 92 pontos - La Perla di Marco Triacca, Lombardia, Itália

Quando falamos de Nebbiolo sempre vem a mente o Piemonte. Convidamos então a mudar e degustar esse vinho que vem de um terroir diferente, a Lombardia.

Gianni Gagliardo Barolo Suoi 2015

Gianni Gagliardo Barolo Suoi 2015 - AD 93 pontos - Gianni Gagliardo, Piemonte, Itália

Um Barolo com estágio de 24 meses em tonéis de carvalho e mais 12 meses em garrafa. Estruturado e firme, tem acidez refrescante, taninos granulados e ótima textura.

Tenuta Cucco Langhe Nebbiolo 2018

Tenuta Cucco Langhe Nebbiolo 2018 - AD 92 pontos - Tenuta Cucco, Piemonte, Itália

Esse 100% Nebbiolo é fresco, cativante e muito gostoso de beber, tem ótima acidez, taninos de grãos finos e final suculento e persistente, com toques de cerejas.

Bruno Rocca Barbaresco Currá 2016

Bruno Rocca Barbaresco Currá 2016 - AD 93 pontos - Bruno Rocca, Piemonte, Itália

Adquirido em 2001 por Bruno Rocca, o vinhedo Currà, localizado no distrito de Neive, é incrivelmente refinado e com grande personalidade. Este cru de Barbaresco aporta notas de cerejas e pimenta-preta a este encorpado Nebbiolo. 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Assine ADEGA

Arnaldo Grizzo

Publicado em 29 de Outubro de 2021 às 16:00


Harmonizações Harmonização Nebbiolo Barbaresco Barolo Embutido Brasato al Barolo Pato Embutidos Queijos