Mendoza

Mendoza além das vinícolas

O enoturismo de Mendoza na Argentina não limita-se apenas as vinícolas


Parque Aconcágua

A região de Mendoza sustenta boa parte do enoturismo argentino. A vasta quantidade de vinícolas atrai inúmeros turistas para o local. A cidade conta com mais de 1200 vinícolas, sendo que cerca de 200 delas são abertas à visitação. 

Quer outras opções de lazer além das vinícolas? Aproveite um dia para ir conhecer de perto o monte Aconcágua, cujo pico (6.982 metros) é o mais alto das Américas. Distante 180 quilômetros da capital, o Parque Provincial Aconcágua conta com 71 mil hectares de área e sua principal atração é, sem dúvida, a “Sentinela de Pedra”. É preciso fazer uma caminhada de 2 quilômetros até a Laguna Horcones para se ter uma vista privilegiada da montanha. Vá bem abrigado e leve água e comida, pois alimentos não são vendidos no parque. Visitas entre novembro e março, período da alta temporada, são mais recomendadas, devido ao clima.

Veja também:

Enoturismo em Mendoza

Vinhos para provar em Mendoza

10 regiões vitivinícolas que você precisa visitar

A cerca de 3 quilômetros de distância de um dos acessos ao Parque Provincial, encontra-se outro ponto turístico a ser visitado, conhecido como Puente del Inca. Trata-se de uma ponte natural de curiosa formação geológica, criada sobre as águas termais do rio Cuevas, onde também se encontram as ruinas de um antigo hotel termal.

Da redação

Publicado em 9 de Julho de 2019 às 10:00


Notícias Mendoza Argentina vinhos argentinos enoturismo em Mendoza Aconcágua

Artigo publicado nesta revista