Luto

Morre Steven Spurrier, o homem que quebrou os paradigmas do vinho francês

Spurrier tinha quase oitenta anos e faleceu em sua casa na Inglaterra, causa da morte não foi divulgada


 

 

Steven Spurrier, conhecido como o homem do Julgamento de Paris de 1976

Faleceu nesta terça-feira, 9 de março, Steven Spurrier. Conhecido como “O grande homem do vinho”, ele ficou mundialmente famoso devido ao célebre Julgamento de Paris, degustação às cegas que promoveu em 1976 no qual vinhos californianos derrotaram clássicos rótulos franceses – essa história se transformou em livro e dois filmes, mas mais que isso, literalmente serviu para transformar de maneira súbita da indústria do vinho no mundo.

Spurrier nasceu em 1941 e foi comerciante, educador, escritor, degustador e, mais recentemente, enólogo – cultivando vinhas e fazendo seus vinhos na Inglaterra. Entre seus principais empreendimentos está a L'academie du Vin, primeira escola privada de vinhos da França fundada na década de 1970. Sua trajetória no mundo do vinho, no entanto, começou poucos anos antes em 1964, quando Steven, recém formado pela London School of Economics, começou a trabalhar em um comércio de vinhos em Londres. Desde então teve uma longa carreira de sucesso que o levou a ser nomeado Homem do Ano em 2017 pela revista inglesa Decanter.

O especialista sempre foi um defensor de vinhos tidos como "marginais", em uma entrevista exclusiva para ADEGA ele disse, "Vocês deveriam ter orgulho de seus próprios vinhos", falando dos produtos brasileiros. E ponderando que "não precisa ser rico para desfrutar de bons vinhos, precisa ser inteligente".

Sobre o episódio que marcou sua trajetória, o Julgamento de Paris de 1976, ele comentou como foi reconhecido pelos californianos e odiados pelos bordaleses:

"Maio de 1976 certamente fez muito pelos vinhos da Califórnia e eu me tornei “persona non grata” em Bordeaux por um tempo. Fui literalmente atirado para fora das caves de Ramonet-Prudhon em Chassagne-Montrachet, mas os resultados da degustação permaneceram."

A família de Spurrier, que não divulgou a causa da morte, disse em nota que ele faleceu rodeado por seus entes queridos e também por suas vinhas em West Country na Inglaterra.

Spurrier foi colaborador da revista ADEGA e trouxe muito conhecimento para os nossos leitores em entrevistas e artigos que escreveu. Neste momento, mais do que simplesmente escrever sobre Spurrier, ADEGA prefere homenagear o especialista relembrando algumas matérias da nossa parceria:

 
O mundo perde um grande homem, O grande homem do vinho. 
 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

 

 

André De Fraia

Publicado em 9 de Março de 2021 às 15:10


Notícias Steven Spurrier Faleceu o Grande Homem do Vinho Julgamento de Paris