Colaborador de ADEGA é eleito "Homem do ano"

Steven Spurrier recebe uma das maiores honrarias do mundo do vinho


Desde 1984, todo ano, a revista Decanter elege o seu “Homem do Ano” no mundo
do vinho. A honraria já foi dada a gente do naipe de Robert Mondavi, Piero Antinori,
Angelo Gaja, Miguel Torres, Nicolas Catena, Aubert de Villaine etc. Neste ano,
porém, o nome selecionado foi o do crítico inglês Steven Spurrier.



Colaborador de ADEGA, Spurrier tornou-se mundialmente famoso ainda nos anos 1970. Em 1976, ele promoveu uma degustação às cegas entre clássicos vinhos franceses e desconhecidos norteamericanos, que, ao final, venceram a prova. Graças a esse evento singelo que mais tarde se provaria extraordinário, houve uma revolução na vitivinicultura mundial, que abriu seus olhos ao Novo Mundo.

Antes de se tornar conhecido pelo “Julgamento de Paris”, Spurrier havia se mudado para a capital francesa e aberto uma loja de vinhos, Les Caves de la Madeleine, assim como a L’Académie du Vin, uma escola voltada para estrangeiros que viviam na cidade. A escola se tornou um modelo para os sistemas de ensino de consumidores de vinho mundo afora.

Aos 75 anos, ele continua na ativa, sendo presidente honorário da Wine & Spirit Education Trust (WSET), escrevendo para inúmeras publicações, sendo jurado de concursos e palestrando. Além disso, possui um vinhedo em Dorset, na Inglaterra, onde produz espumantes sob o nome Bride Valley, juntamente com sua esposa Arabella Spurrier.

Da redação

Publicado em 21 de Dezembro de 2017 às 08:21


Notícias

Artigo publicado nesta revista