Revista ADEGA
Busca

Nariz humano pode detectar um trilhão de aromas diferentes

Descoberta mostra que o órgão tem capacidade muito maior do que se imaginava


Aroma do vinho

Antes, acreditava-se que éramos capazes de sentir "apenas" 10 mil aromas diferentes

Uma pesquisa feita por cientistas da Rockefeller University, nos Estados Unidos, sugere que o nariz humano seja muito mais sensível do que se pensava. De acordo com a descoberta, o nariz humano é capaz de detectar, pelo menos, um trilhão de aromas diferentes.

Este estudo dá um grande salto em relação aos estudos anteriores que apontavam que o nosso sitesma olfativo era capaz de distinguir 10 mil aromas diferentes. “Nós temos muito mais sensibilidade no olfato do que nos damos conta”, disse a líder da equipe de pesquisa, Andreas Keller. “Nós simplesmente não prestamos atenção nesse potencial”, completou. Para obter esse novo resultado, um grupo de voluntários foi convidado a distinguir diferentes soluções contendo diferentes combinações de 128 moléculas de odor.

A pesquisa aumenta a complexidade de noções de percepção sensorial e pode ter implicações quando se trata de degustadores de vinho e sua a capacidade de detectar mudanças sutis do aroma da bebida em contato com a taça. Porém, especialistas afirmam que o vocabulário do vinho é ainda muito pequeno. “Pode-se treinar o sentido do olfato e, possivelmente, melhorá-lo, mas o desafio é colocá-lo em palavras”, disse Richard Bampfield, que coordena aulas de educação de vinho.

Bampfield acrescentou que as pessoas que estão aprendendo sobre vinho não devem se tornar obcecadas com o volume de aromas que podem detectar. “Não se assuste se você não pode sentir o cheiro de um trilhão de aromas”, completou.

Redação
Publicado em 04/04/2014, às 08h13 - Atualizado em 03/12/2014, às 08h04


Mais Notícias