Provino 2019

Para onde vai o mercado de vinho no Brasil?

Fórum com grandes captadores de dados mostram como podemos crescer mais


Empresas projetam como será o mercado de vinho brasileiro nos próximos anos

De acordo com dados da Ideal Consulting, no primeiro semestre de 2019, o mercado de vinhos no Brasil manteve-se estável em comparação com o mesmo período em 2018. O grande destaque ficou por conta das importações de champanhes e rosés, que registraram um aumento de 87,3% e 8,2% respectivamente.

As informações da consultoria indicam que as projeções de consumo e importações são otimistas, apesar dos fatores como o acordo entre Mercosul e a União Europeia e a possível extinção da ST (Substituição Tributária).

Leia mais:

Mercado de vinhos internacional será foco da Provino 2019

Plataforma online facilita compra e venda no mercado de vinho

A Master of Wine Lydia Harrison vem a São Paulo para a Provino

Apostas e tendências para o mercado de vinho global serão temas de palestras no Fórum Provino, durante a Provino 2019. Os grupos Wine Intelligence e Euromonitor unem-se a Ideal Consulting para debater assuntos como importação, investimento e impactos a serem projetados.

As três empresas são responsáveis pela divulgação e captação de dados do mercado de vinhos brasileiros e, além das palestras, também também terão stands no evento.

Dessa forma, profissionais do segmento terão a oportunidade de atualizar-se sobre as novidades do mercado para aplicarem as melhores estratégias de investimento para importação e exportação em seus negócios, levando em consideração o cenário econômico.

A Feira Profissional de Vinhos e Destilados acontece de 15 a 17 de outubro, no Transamerica ExpoCenter, com inscrições gratuitas no site: http://provino.com.br/

Veja também:

Como tirar o máximo proveito de uma feira de vinhos

Guia Adega de Vinhos do Brasil será lançado na Provino 2019/2020

ASSINE JÁ A REVISTA ADEGA. DESCONTOS DE ATÉ 76% 

Da redação

Publicado em 10 de Outubro de 2019 às 19:30


Notícias Ideal Consulting Wine Intelligence Euromonitor Provino mercado de vinho