Mundovino

Príncipe Robert de Luxemburgo anuncia fusão e cria propriedade gigante em St-Émilion

Ele que já é proprietário do ícone Haut-Brion, unirá o Château Quintus ao recém-adquirido Grand Cru Classé Grand-Pontet


 

O Príncipe Robert de Luxemburgo possui longa história no mundo do vinho

Se em agosto o Príncipe Robert anunciou que adquiriu recentemente o St-Emilion Grand Cru Classé Château Grand-Pontet da família Pourquet-Bécot, por uma quantia não revelada, o plano agora é aumentar.

» Três curiosidades sobre envelhecimento de vinho

A família, que tem longo histórico no mundo do vinho – são proprietários do icônico Château Haut-Brion – vai combinar seus vinhedos.

Unindo os 45 hectares do Quintus com os 42 hectares do Grand-Pontet.

A fusão é possível devido ao fato de que Quintus não faz mais parte da classificação St-Émilion, da qual Cheval Blanc e Ausone também não fazem parte.

A união das duas propriedades criará uma das maiores de St-Émilion

Para o príncipe a ideia era buscar oportunidade de incluir bons vinhedos ao Château Quintus, montando algumas parcelas mais promissoras para ter uma nova estrela da Margem Direita.

“Por muito tempo buscamos uma oportunidade de agregar bons vinhedos ao Quintus. Estivemos perto de algumas outras propriedades e perdemos no último minuto”, disse a realeza. “Adicionar os quase 37 acres de Grand-Pontet ao Quintus produzirá um dos maiores nos grandes terroirs de St.-Émilion”, disse ele à Wine Spectator.

» As 10 regras de ouro da harmonização (e cinco erros comuns no casamento de vinhos e pratos)

Localizado a menos de um quilômetro de Quintus, o príncipe acredita que a integração dos dois locais será harmoniosa. Devido a degustações recentes, as impressões foram de impressionar pelo resultado dos vinhos, por isso a ideia fixa de colocar as melhores parcelas próximas.

O Château Grand-Pontet foi fundado no início do século XX e classificado no ranking de 1955, produzindo cerca de 4.000 caixas de vinho por ano.

A propriedade é cercada por três prestigiosas Classes Premiers Grands Crus: Chateau Canon, Clos Fourtet e Beausejour Becot, no planalto ocidental de Saint-Emilion. O objetivo final do Príncipe Robert é criar uma propriedade que seja considerada do mesmo nível de qualidade que uma propriedade Grand Cru Classé A.

Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Glaucia Balbachan

Publicado em 24 de Setembro de 2021 às 08:30


Mundovino Príncipe Robert Luxemburgo Haut-Brion Grand-Pontet Quintus Saint-Émilion