Revista ADEGA
Busca

Mundovino

Sotheby's bate recorde de vendas em leilões de vinhos e bebidas em 2021

Um total de US$ 132 milhões foi leiloado na categoria, vinhos representam quase 90% do valor


Sotheby's bate recorde de vendas em leilões de vinhos e bebidas em 2021

Romanée-Conti 1990 foi um dos lotes que impulsionou as vendas e o recorde. Crédito: Sotheby's

A Sotheby's informou que as vendas de leilões de vinhos e destilados aumentaram cerca de 44% em 2021 em relação a 2020 com uma venda total de 132 milhões de dólares, impulsionadas por preços recordes, novas parcerias e uma onda de novos compradores.

» Qual o vinho certo para harmonizar com bacalhau?

O vinho representou US$ 111 milhões das vendas de leilões da Sotheby's 2021, com destaque para rótulos da Borgonha e Bordeaux.

Jamie Ritchie, chefe mundial da Sotheby's Wine, disse: "2021 será lembrado como um ano transformador no negócio de vinhos da Sotheby's, onde repetidamente quebramos recordes em todas as áreas do nosso negócio e lançamos novas iniciativas e parcerias em todas as categorias e geografias”.

O grupo relatou anteriormente vendas de leilões de vinhos e bebidas alcoólicas de US$ 92 milhões em 2020 e US$ 118 milhões em 2019. Cerca de 40% dos compradores de leilões de vinho e bebidas alcoólicas em 2021 eram novos no cenário e um terço dos licitantes tinha menos de 40 anos, menciona a Sotheby's.

A empresa fortaleceu sua presença global com leilões na França de forma mais intensa e disse que o país se tornará um quarto "hub internacional" ao lado de Nova York, Londres e Hong Kong.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui

Glaucia Balbachan
Publicado em 23/12/2021, às 14h00


Mais Mundovino