Almanaque do vinho

Sting: “Eu fui enganado quando comprei vinícola na Toscana”

A revelação feita recentemente foi desafio para, hoje, ele fazer um dos melhores vinhos da região


 

Sting, ex-vocalista e baixista do The Police

Foi numa entrevista recente ao jornal britânico Daily Telegraph onde Sting revelou que foi enganado pelo antigo proprietário, quando estava negociando a compra do Il Palagio, sua vinícola na Toscana, Itália.

“Estávamos negociando a compra. Gostamos muito da propriedade, apesar de estar em ruínas. O Duque me perguntou se queria provar o vinho produzido na propriedade e eu disse que sim. Foi um excelente vinho e isso me convenceu a comprar também os vinhedos. Só mais tarde descobrimos que o Duque nos servira um Barolo e não seu próprio vinho”.

O “Duque” é o antigo dono da propriedade que tem esse título aristocrático.

 A verdade, porém, diz Sting, não demorou a vir: “Quando servimos o vinho da propriedade aos nossos convidados, vi que alguém estava esvaziando o copo em um canteiro de flores...”

Sting e sua esposa, Trudie Styler

O vinho não era de boa qualidade e o ex-vocalista e baixista da banda The Police percebeu que havia sido enganado.

O episódio serviu como uma injeção de ânimo.

» Vinhos do metaleiro Dave Mustaine, do Megadeth, esgotam em... 72 horas!

“Foi então que decidimos nos vingar e mostrar que era possível produzir excelentes vinhos com as vinhas do Il Palagio. Toda a nossa aventura na Toscana realmente foi uma forma de nos vingarmos”.

Deu certo.

Afinal, seus vinhos já estiveram nas listas dos melhores vinhos italianos e Il Palagio caiu, de vez, no gosto dos amantes de vinho. 

Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 17 de Agosto de 2021 às 18:00


Almanaque do vinho Sting Vinícola Toscana Itália Il Palagio Sting foi enganado Vinho