Revista ADEGA
Busca

Taças vazias nos EUA

Estudo revela que muitos estados americanos não são 'amigos dos vinhos'


Publicado recentemente no Estados Unidos, o estudo “Consuming Concerns: The 2013 State-By State Report Card on Consumer Access to Wine”, mostrou uma realidade que muitos produtores e importadores de vinho têm que conviver. E que está longe de ser a ideal em um dos mercados consumidores mais importantes do mundo.

Entre outros dados o estudo mostrou que 17 estados americanos proibem as vendas de vinhos nos supermercados, 15 proibem os donos de restaurantes de encorajar seus clientes a trazerem sua própria garrafa de vinho e, mais impressionante, 36 estados proibem a entrada de vinhos que não sejam comprados por distribuidores de seus próprios estados, deixando assim de fazer circular uma enorme gama de vinhos importados nas lojas e impedindo inclusive sua comercialização em bares e restaurantes.

O presidente da Liga Americana de Consumidores de Vinhos, David White, afirmou que com base nesse estudo feito a pedido da associação, percebe-se que mesmo 80 anos depois do fim da proibição de produção e consumo de bebidas alcoólicas no país, os consumidores de alguns estados ainda vivem sob leis arcaicas que prejudicam sua liberdade de consumo.

Para ler o estudo completo, acesse: 

www.wineconsumers.org/news-and-info/research/

taças PB

Redação
Publicado em 12/08/2013, às 10h08 - Atualizado às 10h54


Mais Notícias