Mundo Vino

Vinhedo histórico To Kalon é alvo de julgamento nos EUA

A vinícola The Vineyard House tentava usar a marca que atualmente pertence à Constellation Brands


 

Placa comemorativa que marca a renomeação de uma parcela do To Kalon em homenagem a Mondavi

Uma disputa judicial nos EUA envolvendo duas vinícolas de Napa chegou ao fim. O imbróglio enojurídico começou quando a vinícola The Vineyard House entrou na justiça em 2019 para utilizar o nome “To Kalon” em seus vinhedos, alegando que parte deles eram parte da propriedade do lendário produtor Hamilton Walker Crabb e, portanto, também tinham o direito de serem chamados de “To Kalon”.

Porém a marca hoje é registro da Robert Mondavi Corporation, subsidiária da gigante Constellation Brands e proprietária registrada de "To Kalon" e "To Kalon Vineyard" desde a década de 1980.

Os advogados da The Vineyard House afirmaram que na época do registro da marca, a Robert Mondavi Corporation mentiu para as autoridades ao dizer que o nome "to Kalon" estava descontinuado e por “não ter significado atual relevante no comércio ou indústria do vinho” segundo os registros do julgamento. Porém, continuaram os advogados da The Vineyard House, o nome “To Kalon” nunca saiu do mainstream vitivinícola de Napa. A própria Robert Mondavi Corporation utilizou, logo após o reconhecimento da propriedade da marca, o lendário vinhedo, evocando o nome de Crabb e colocando o vinho atual como uma produção direta do lendário To Kalon.

No entanto, a juíza responsável pelo caso entendeu que o nome e a reputação atual do vinhedo To Kalon se deve a uma soma da lenda do antigo vinhedo de Crabb com o atual vinho produzido na região. E não encontrou nenhuma evidência de que a atual propriedade da The Vineyard House tenha sido trabalhada por Hamilton Crabb, pelo menos não de maneira comercial.

» Homem é flagrado com vinho contrabandeado pela terceira vez

» Estudo mostra que taninos podem inibir a Covid-19

» O que é o Resveratrol e quais são seus benefícios

"Conforme afirmamos ao longo deste processo, Constellation Brands detém os direitos exclusivos das marcas registradas To Kalon e To Kalon Vineyard há muitos anos, e continuamos a operar de acordo com as regras e regulamentos associados a esses direitos. Estamos satisfeitos com a decisão do tribunal nesse sentido e com a resolução deste assunto", declarou a vice-presidente de Comunicações da empresa, Alexandra Wagner.

To Kalon e Robert Mondavi

O To Kalon é conhecido como um dos melhores terroirs dos EUA para o cultivo da Cabernet Sauvignon, o mítico vinhedo foi plantado ainda no século XIX por Hamilton Walker Crabb, um sonhador que se mudou para a Califórnia na década de 1850 atrás do ouro da região. Sem encontrar o metal precioso e vivendo a base de serviços em pomares e campos de cereais, Crabb se mudou para o norte da Califórnia com a sua família por conselho de um amigo viticultor. Na época a região era deserta e nada parecida com o que hoje é o Napa Valley, seu vinho ganhou as taças dos americanos e antes dos anos de 1900 ele já dirigia a terceira maior vinícola da região.

As famosas vinhas do vinhedo To Kalon em Napa

O famoso viticultor Robert Mondavi adquiriu a propriedade em 1958 e a marca, que hoje pertence a Constellation Brands, é ainda proprietária do vinhedo. Em 2013 uma parcela do To Kalon foi rebatizada de “Robert’s Block”, em homenagem ao centenário de Mondavi e um vinho 100% Cabernet Sauvignon proveniente do vinhedo foi lançado para marcar a data.  

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 13 de Fevereiro de 2021 às 14:42


Notícias Vinho To Kalon Vinhedo Napa Mondavi Julgamento