14.Set - Novo produto

Vinhos sem álcool são a aposta da Espanha


Setor começa a investir em vinhos com baixa graduação de álcool
O setor vitivinícola espanhol começou a concentrar esforços para abrir o mercado para produtos de baixa graduação alcoólica, como o vinho. A esperança do setor é que as vendas se comportem de maneira parecida com a cerveja sem álcool, que já ocupa 10% do mercado.

Apesar de a associação de produtores e distribuidores deste novo produto ser mínima, em torno de seis vinícolas, muitas outras empresas da Espanha parecem interessadas em adentrar no mercado com esse novo produto.

Esses "novos vinhos" serão obtidos a partir de sistemas de extração de álcool que respeitam as propriedades organolépticas, ou seja, que não afetam as características dos produtos, que podem ser percebidas pelos cinco sentidos do homem.

O principal motivo pelo qual as bodegas não aderiram em massa à produção de vinhos sem álcool é a necessidade de utilizar esse sistema de extração, que pode encarecer a produção do vinho em até 30%. Mesmo com o alto custo de obtenção, o preço do produto no mercado ainda está numa margem aceitável, entre 4 e 12 euros a garrafa.

Enquanto as cadeias de lojas calculam que cerca de 5% do mercado poderá aderir aos vinhos sem álcool, especialistas vão na contramão, advertindo que o conservadorismo e novos hábitos que foram fixados durante a crise podem atrapalhar o crescimento do setor.

 

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ Aumento de temperatura média causa alarde

+ O Melhor Vinho do dia: Ao tênis e aos vinhos da Argentina!

+ Chef do "Hell''s Kitchen" vai assinar vinhoChef do "Hell''s Kitchen" vai assinar vinho

+ Novas regras para safra de Champagne

+ O Melhor Vinho do dia: Ao sucesso do cinema brasileiro!

Da redação

Publicado em 14 de Setembro de 2009 às 11:56


Notícias